Sindicato dos Metroviários vai apontar CCR como “vencedora” do leilão da Linha 15-Prata

Certame que vai conceder linha do Metrô para a iniciativa privada está marcado para a próxima segunda-feira, dia 11
Monotrilho da Linha 15: CCR vencedora?

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo fará uma coletiva nesta quinta-feira (07) para anunciar a “vencedora” do leilão de concessão da Linha 15-Prata do Metrô para a iniciativa privada. Assim como fez em janeiro de 2018, a entidade apontará que a empresa CCR será a escolhida para operar o sistema de monotrilho da Zona Leste.

Na época do leilão das linhas 5 e 17, o sindicato também acusou o governo Alckmin de promover um leilão de cartas marcadas, mas não ofereceu provas disso. No entanto, o certame, que teve apenas duas proponentes (além da CCR, o Metrô de Seul associado ao grupo JSL), acabou sendo vencido pela ViaMobilidade, formada pela CCR e RuasInvest.

Para demonstrar que a entrega da Linha 15-Prata do monotrilho à iniciativa privada é um processo de cartas marcadas, a diretoria do Sindicato dos Metroviários vai antecipar a ‘vencedora’ do leilão que está marcado para 11/3“, diz texto enviado pelo sindicato que acusa o governo tucano por “doar” as linhas de metrô para a CCR.

O leilão ocorrerá na próxima segunda-feira à 14h00 na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. O lance mínimo é de R$ 153 milhões, mas deve ser atualizado já que a primeira data do leilão estava marcada para junho do ano passado. Desde então, a licitação acabou sendo adiada várias vezes. O consórcio vencedor terá 20 anos para explorar o ramal de monotrilho, com 11 estações previstas – o trecho final até Cidade Tiradentes está suspenso indefinidamente.

Metrô privado

De fato, o grupo CCR já havia reconhecido interesse na Linha 15-Prata anteriormente. Hoje a empresa é sócia tanto da ViaQuatro, que opera a Linha 4-Amarela, quanto da ViaMobilidade, responsável pela Linha 5-Lilás e futuramente pelo monotrilho da Linha 17-Ouro. Serão nada menos que 42 km de trilhos administrados pela empresa, praticamente metade da extensão de metrô de São Paulo. Se participar e realmente vencer o leilão do dia 11 a empresa terá então mais 18 km para operar, chegando a um total próximo de 60 km de extensão.

Trem da ViaMobilidade: CCR integra a concessionária, assim como a ViaQuatro
Total
42
Shares
3 comments
  1. Tem que chegar na Cidade Tiradentes urgente, vamos dar um.pouco de ” conforto” para quem mora muito longe

  2. Linha 4 e 5 são bem melhores administradas que a 1, 2 e 3, então que vença mesmo, e que vença com muita folga.

Comments are closed.

Previous Post

Governo precisa rever cobrança de tarifa para crianças

Next Post

Metrô cancela licitação de 15 terminais de ônibus ligados às suas estações

Related Posts