Destaques Linha 11

CPTM retira trens da série 4400 de operação

Composições operavam desde a década de 60
Trem da série 4400 chegando na estação Brás. Foto: Diego Torres Silvestre

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM retirou três trens da série 4400 de circulação da Linha 11-Coral nos últimos dias de 2018. Segundo fonte ouvidas pelo site, a frota, uma das mais antigas da companhia, não estaria mais disponível para operação

Em nota, a CPTM confirmou a retirada dos trens: “Os últimos trens da série 4400 foram retirados de operação no final de dezembro, atendendo à programação de renovação da frota. As composições antigas estão sendo substituídas por trens novos que atendem às normas de acessibilidade e conforto.”, diz comunicado da operadora.

O movimento de retirar os “4400” era esperado com a chegada de novas composições da série 8500 fabricados pela espanhola CAF, além da entrada dos trens da série 9500 produzidas pela Hyundai Rotem na Linha 7-Rubi, como ocorreu no último dia 28 de dezembro. Novos comboios para a linha que liga a Luz a Jundiaí, liberaram trens “emprestados” da série 8500 para o Expresso Leste.

Os trens foram adquiridos na década de 60 pela Rede Ferroviária Federal – RFFSA para operação no Rio de Janeiro e em São Paulo com o prefixo de 400. No sistema carioca operado pela SuperVia, as composições levaram passageiros até 2017.

As caixas dos trens fabricados em aço carbono, foram construídas na Fábrica Nacional de Vagões (FNV), em conjunto com a Cobrasma e Santa Matilde. Já o equipamento elétrico foi fornecido pela General Electric.

Airway