Destaques Linha 6 Trem Intercidades

Doria revela interesse de gigante chinês pela Linha 6-Laranja e Trem Intercidades

Em reunião com o CRCC, grupo que atua na infraestrutura ferroviária, governador disse que estado pode receber R$ 40 bilhões em investimentos nos próximos dez anos
Trem de alta velocidade chinês construído pela CRCC: Doria espera R$ 40 bilhões em investimentos em SP (N509FZ)

Em seu primeiro dia de visita à China, o governador João Doria divulgou um vídeo em que confirma o interesse da China Railway Construction Corporation (CRCC) por projetos metroferroviários de São Paulo. Durante reunião de duas horas com Chen FengJian, presidente do grupo, e a comitiva brasileira, Doria revelou que a empresa teria demonstrado interesse pela Linha 6-Laranja e sobretudo pelo Trem Intercidades.

No vídeo, o governador também afirma que os chineses devem investir US$ 10 bilhões (cerca de R$ 40 bilhões) nos próximos dez anos, mas não revelou nenhum compromisso nesse sentido ainda.

A CRCC é um dos gigantes de infraestrutura criados pelo governo chinês e atua no setor ferroviário, tendo construído diversas linhas de metrô e de trem de alta velocidade no país. A empresa possui uma carreira internacional focada em países em desenvolvimento, sobretudo na África.

Vale ressaltar que não se trata do mesmo grupo que tentou assumiu o lugar da Move São Paulo na concessão da Linha 6-Laranja, embora os nomes sejam muito parecidos. Naquela ocasião, as empresas China Railway Capital Co. Ltd. e China Railway First Group Ltd. haviam se associado à Mitsui e a investidores japoneses para assumir o negócio, mas em cima da hora não houve um acordo. Outro grupo de nome parecido, o CRRC, que fabrica trens e está produzindo a Série 2500 para a CPTM, também não tem relação com a CRCC.

No entanto, pelo que é possível entender, a CRCC apenas constrói e não opera as linhas que na China ficam a cargo de outras estatais como a China Railway. Espera-se que o interesse desta vez acabe gerando medidas práticas já que os chineses até hoje tiveram presença tímida em outras licitações e projetos na área.

João Doria e o presidente da CRCC, Chen FengJian: interesse pelo Trem Intercidades e pela Linha 6-Laranja (GESP)

A Linha 6-Laranja de metrô foi concedida em uma PPP (Parceria Público-Privada) em 2013 para o consórcio Move São Paulo, formado pelas construtoras Odebrecht, Queiróz Galvão e UTC além de investidores. Com 15 km, o ramal chegou a ter as obras iniciadas, mas a empresa suspendeu os trabalhos em setembro de 2016.

Já o Trem Intercidades é um projeto com quatro linhas partindo de São Paulo. O trecho prioritário é que vai até Campinas e posteriormente até Americana que a gestão Doria quer licitar em 2020. Ele deve contemplar também a operaçao da Linha 7-Rubi da CPTM.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

3 Comentários

Click here to post a comment
  • O Doria quer privatizar o metrô entregando para uma estatal chinesa de um país comunista. Os chineses agradecem vai gerar emprego na china e tecnologia.
    Os políticos sucateiam as empresas públicas para poder privatizar algum eles levam nesta negociata.

    • Francisco não fale bobagem a linha 6 laranja nem foi construida ela esta parada as obras e sera reiniciada no ano que vem e sera feita uma concesção por 20 anos e depois ele sera entregue de novo para o estado não tem nada de sucateamento

  • Chega de entregar tudo que á mais valioso do Brasil aos chineses , chega de sermos tão ingênuos ao acreditar que isso se trata de boa parceria, porque não é, nosso comércio está dominado pelos chineses, somos reféns de sua indústria e não podemos mais sermos tão reféns, isso é loucura. Temos que desenvolver a nossa!

Airway