Destaques Linha 15 Linha 4 Linha 5

Em semana atípica, Metrô abrirá seis novas estações

Em seus últimos dias à frente do governo do estado, Geraldo Alckmin vai inaugurar estações nas linhas 4, 5 e 15 até sexta-feira (16)
Estação Oscar Freire nesta segunda (02): primeira a ser inaugurada em semana concorrida (Fernando Galfo)

Depois de inaugurar a Linha 13-Jade em pleno feriado de Páscoa, o governador Geraldo Alckmin terá uma semana cheia na agenda do Metrô. Durante discursos no sábado, o governo confirmou a abertura de seis estações durante esta semana, a última em que o tucano ficará à frente da gestão – na sexta-feira (06) ele passa o cargo ao vice-governador Márcio França do PSB.

O calendário de inaugurações desta primeira semana de abril foi ratificado: na quarta-feira (04) será aberta a estação Oscar Freire, da Linha 4-Amarela. Ela funcionará no que o Metrô chama de “operação comercial restrita”, ou seja, com cobrança de tarifa porque a parada fica no meio da parte operacional da linha. O horário de 10h às 15h deve durar 15 dias quando passará a funcionar de 4h40 à meia-noite como as demais estações.

No dia seguinte (05), a estação Moema da Linha 5-Lilás passará a funcionar em operação assistida. Na sexta (06), o último ato de Alckmin com a inauguração de quatro estações do monotrilho da Linha 15 – São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União.

Serão importantes acréscimos à rede metroferroviária, mas bem menos do que prometia o governo. Na Linha 15, por exemplo, a ideia era abrir todas as estações em março. No fim a parada Jardim Planalto, cotada para essa pré-inauguração, acabou postergada. Não se sabe se abrirá com as três restantes em junho ou se o Metrô acabará a acrescentando nas próximas semanas.

A estação Oscar Freire chegou a ser cotada para abertura no final do ano passado, mas na época a data foi postergada para março, porém, com um acesso apenas – o segundo ficará para 2019. Já a expansão da Linha 5-Lilás era promessa para o final de 2017 com direito a nove das dez estações. No entanto, Alckmin terá entregue até quinta metade delas. As outras cinco ficarão para o vice até junho (quatro) e dezembro (uma).

Embora afastado do cargo, o atual governador deve pressionar para que as estações pendentes sejam abertas ainda em 2018 e antes da eleição para servirem de vitrine eleitoral. Por isso, paradas como São Paulo-Morumbi (Linha 4), Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus (Linha 15) e AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin (Linha 5) deverão ser inauguradas entre maio e setembro possivelmente.

Veja também: Estação Eucaliptos passa a funcionar em horário comercial

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

18 Comentários

Click here to post a comment

  • Mesmo que essas inaugurações sejam usadas como ato político pré-eleitoral, antes tarde do que nunca. Vencendo ou não as eleições, as obras aí ficarão pra sempre para os cidadãos.

  • Olá Ricardo, como vai?
    Enfim podemos comemorar! estou ansioso para conhecer essa novas estações, ontem conheci a linha 13 Jade, espetacular!
    Torço muito para que esse ano as obras terminem o mais breve (com exceção da fase 1 da linha 17) para que novos empreendimentos, como a linha 6, 2 e 18 tenha um cenário de retomada de obras e saída do papel mais otimista.

    Vamos torcer fãs de transporte =)

  • Alguem sabe informar por gentileza se alguma das estações, seja moema ou a estação eucaliptos, terão bicicletário?????

    Obrigado!

  • Infelizmente tenho a impressão de que a linha 5-Lilas será um eterno problema quando chover forte em São Paulo. Nestes últimos dias as operações foram suspensas todas as vezes devido a água das chuvas fortes.
    Imagine, quando a linha estiver funcionando a todo vapor integrada às demais nas estações Chacara Klabin e Santa Cruz, toda vez que chover forte no fim da tarde a linha parar.

  • A fonte é o governo? Pq o povo ta trabalhando loucamente na jardim planalto, duvido que vão deixar pra depois. (espero que não)

    • Isso, Italo, o governo divulgou essas datas na cerimônia de inauguração da Linha 13-Jade. Também creio que Jardim Planalto possa ser aberta antes de Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus, desde que o sistema de sinalização esteja ok.

  • Tipica ou atipica que venham as novas paradas e que venham de forma mais completa possivel em suas obras e equipamentos !! Sao Paulo precisa com urgencia que as linhas 4, 5, 15 e 17 terminem logo e sejam abertas novas frentes de trabalho para novas linhas ! o ideal eh que tudo terminasse nos anos de 2018 e 2019 !

  • Só não entendi por quê não vai abrir até a estação hospital São Paulo, já que ela, com a AACD estão praticamente prontas – não há nem movimentação de obras nelas mais.

  • Parabens pela página, pois tambem sou entusiasta do metrô, que vai inaugurar amanhã a estação Moema a 150 metros de minha residência. Voce pode me informar o horário da inauguração?

    • Olá, Osvaldo, a cerimônia está marcada para às 9 horas, mas talvez o acesso à linha só seja liberado depois que o governador for embora.

  • Está Dizendo Mais Estações Para Ligar as Linhas do Metrô Com Operação Térrea: 1 Azul do Tremembé, na Zona Norte Até Interlagos, na Zona Sul & 3 Vermelha de Guaianazes, na Zona Leste Até o Jaguaré, na Zona Oeste Todas da Capital Paulista

Posts mais compartilhados

AUTOO