Estação Engenheiro Manoel Feio será readequada por R$ 31 milhões

Contrato para as adequações de acessibilidade foi adjudicado ao Consorcio Construtor Estação Manoel Feio. O grupo de empresas que será responsavel pela execução das obras terá 18 meses para realizar as intervenções.
Estação Engenheiro Manoel Feio receberá melhorias de acessibilidade (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A CPTM irá realizar adequações de acessibilidade na estação Engenheiro Manoel Feio da Linha 12-Safira. A estação que ainda apresenta um padrão de construção bastante antigo deverá ser reformulada e ganhar sistemas e itens que permitirão aos passageiros e aos funcionários usufruírem da estação com maior conforto e segurança.

Dentre várias mudanças que irão ocorrer na estação estão as adequações relativas à NR24. Esta norma estabelece uma série de condições quanto à qualidade laboral dos funcionários da estação, que passarão a contar com melhores condições para trabalhar.

Em termos de segurança destaca-se as tratativas para a obtenção do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). O documento certifica que as instalações estão devidamente otimizadas e possuem itens de segurança contra ocorrências de incêndio ou correlatas.

Para o passageiro as mudanças mais perceptíveis serão as reformas estéticas e funcionais da estação. Rampas de acesso permitirão maior nível de acessibilidade geral, assim como a instalação de pisos táteis em rotas estratégicas.

Melhorias nas plataformas trarão maior conforto ao passageiro (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Os passageiros que utilizam as bicicletas em seu deslocamento diário também serão beneficiados através da construção de um novo bicicletário. A promoção deste tipo de serviço nas estações é fundamental para fomentar uma mobilidade mais limpa.

Em relação às estruturas mais técnicas, estão previstas mudanças nas salas operacionais, modernização da passarela, ajustes na via permanente e rede aérea e um sistema para a captação de águas pluviais, mais uma vez dando enfoque nas oportunidades de sustentabilidade.

O grande destaque está para a construção de uma nova passarela metálica e de novos elevadores que permitirão aos passageiros com mobilidade reduzida o acesso pleno à estação e as suas plataformas.

A CPTM realizou no dia 16/12 a vinculação do contrato para o Consórcio Construtor Estação Manoel Feio que é composto pelas empresas Castilho Engenharia e Empreendimentos SA e Lopes Kalil Engenharia e Comercio Ltda.

O valor do contrato foi fechado por R$ 31 milhões, sendo que o consórcio responsável deverá executar os serviços do contrato em um prazo de 30 meses, sendo 18 meses de execução e 12 meses de operação assistida.

Total
1
Shares
3 comments
  1. Se era para fazer algo nessa estação, que ela fosse completamente reconstruída, não essa reforminha mixuruca que vão fazer, não vai adiantar nada e ela continuará péssima! O povo de Itaquaquecetuba se sente desvalorizado por isso também!

  2. Se ficar pelo menos parecida com as adequações feitas em Calmon Viana e Quitauna já tá de bom tamanho. Manoel Feio não precisa de uma reconstrução completa, mas precisa de um bom tapa no visual. E Com ela, lá se vai um dos últimos registros do primeiro padrão visual da CPTM.

Comments are closed.

Previous Post

Após 17 anos de espera, estação Vila Sônia é finalmente entregue

Next Post

Em parceria com a CPTM, trem de Natal da ABPF passará pela estação da Luz

Related Posts