Estação Mendes-Vila Natal, da Linha 9-Esmeralda, já está na fase de acabamento

Nova estação da CPTM acrescentará 2,5 km ao ramal e deve ser entregue até janeiro de 2021
Estação Mendes-Vila Natal (Reprodução: Aléssio Santos/Consórcio GSVP)

Em um longo passeio, o presidente da CPTM, Pedro Moro, mostrou como estão as obras da futura estação Mendes-Vila Natal, da Linha 9-Esmeralda nesta semana. Ela faz parte do projeto que estenderá o ramal por mais 4,5 km no extremo sul da capital paulista e que inclui também outra estação, Varginha, que será o final da linha.

No vídeo, reproduzido abaixo, Moro percorreu a plataforma, mezanino e salas técnicas da nova estação, que terá 5 mil m² de área total. Como as novas estações da Linha 13-Jade, Mendes-Vila Natal será imensa, com espaço de sobra para circulação. O motivo para isso é que ela será elevada, com acesso abaixo da plataforma, por conta do relevo onde está sendo construída.

Nas imagens e descrição do executivo da CPTM, é possível constatar que a plataforma e o mezanino já receberam o piso de granito enquanto luminárias e forro estão sendo instalados. As escadas rolantes também estão em processo de montagem e uma delas funcionando em testes enquanto os elevadores ainda estão no início da implantação. Segundo a empresa, a estação oferecerá um conforto térmico muito grande além de iluminação natural e proteção contra chuvas.

Na virada do ano

Assim como o Metrô, a CPTM tem se esforçado para mostrar que as obras de expansão não pararam com a quarentena. Tanto Mendes-Vila Natal quanto a nova estação de Francisco Morato aparecem com frequência nas redes sociais da companhia e da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, ao contrário de Varginha, que está atrasada.

O novo trecho de via entre Grajaú e Mendes tera quase 2,5 km (Reprodução: Aléssio Santos/Consórcio GSVP)

Moro, no entanto, não arriscou uma data de inauguração durante a visita. Um ano atrás, em outra visita, o secretário da pasta, Alexandre Baldy, havia previsto que Mendes-Vila Natal seria entegue em novembro deste ano e Varginha, um ano depois. Mais recentemente, as datas foram alteradas para 2021 e 2022, sem informar o mês em questão.

Segundo apurou o site, a meta da companhia é receber a estação Mendes e o trecho da via até Grajaú seja entregue em janeiro de 2021. Se isso for confirmado, a Linha 9 ganhará quase 2,5 km a mais de trilhos.

A previsão é que o novo trecho acrescente mais 110 mil passageiros ao ramal, que já movimenta diariamente cerca de 630 mil usuários (antes da pandemia, vale dizer).

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Pedro Tegon Moro (@pedrotegonmoro) on

Total
46
Shares
7 comments
  1. Ricardo, esta linha da CPTM vai ser um caos total no horario de pico quando entrarem mais passageiros das 3 novas estaçoes em projeto !! nao eh possivel que se pense em inaugurar mais 3 estaçoes sem colocar mais 10 trens para rodar neste ramal ???? loucura, loucura, loucura total !!

    1. Quero ver de onde vão tirar esses trens, sendo que vários estão cobrindo os 2100 na Linha 10 – a menos que mandem os 9000 para a 9.

        1. Marcus, bom dia e obrigado por detalhar e nomear as 3 novas estaçoes ate 2022. Previsao atual de, pelo menos, 220 mil passsageiros a mais por dia na linha. Isto vai resultar num valor aproximado de 50 mil no horario de pico da manha e mais 50 mil no horario de pico da tarde, ou seja, 25 novos trens lotados em cada horario de pico ??? Imagina se hoje o horario de pico ja eh um caos o que vai começar a ocorrer em 2021 e piorar muito em 2022 ???

  2. Ótimo. Mas precisa colocar padrão metrô. Deveria ter trem expresso entre Grajaú e Santo Amaro igual a Pinheiros e Jurubatuba para aliviar o sistema que em horário de pico é um caos de pessoas uma em cima da outra. E melhor a conservação da estação Jurubatuba.

Comments are closed.

Previous Post

Justiça rebate todas as alegações da Signalling e nega liminar na licitação de sistemas da Linha 17-Ouro

Next Post

Uso obrigatório de máscara no transporte público em SP começa no dia 4 de maio

Related Posts