Linha 17-Ouro do Metrô se prepara para a retomada das obras

Avatar
Semana começou com os primeiros movimentos de funcionários da Coesa nos canteiros das estações. Governo divulga imagem do ramal no Aeroporto de Congonhas

Após um longo período de indefinição, a Linha 17-Ouro do Metrô entra numa nova fase nesta semana, com os primeiros movimentos de funcionários nos canteiros de obras que estavam parados. Com previsão inicial para o primeiro trecho de aproximadamente 7 km para ser entregue para a Copa de 2014, o ramal de monotrilho, se arrasta há quase uma década.

Desde outubro do ano passado, após a retomada do contrato com a BYD para o fornecimento de trens e sistema para a linha, a implantação voltou a evoluir. Já em dezembro do mesmo ano foi assinado o tão esperado contrato com a Coesa Engenharia para a retomada das obras de sete estações (Chucri Zaidan, Vila Cordeiro, Campo Belo, Vereador José Diniz, Brooklin Paulista, Jardim Aeroporto e Aeroporto Congonhas), do pátio Água Espraiada e finalização do lançamento de vigas-trilho no pátio e no trecho da Marginal Pinheiros.

Nesta semana, já se preparando para a retomada das obras, o Metrô colocou um painel no Aeroporto de Congonhas onde será a entrada para o futuro túnel que ligará a estação Aeroporto ao terminal de embarque. O painel mostra como será a passagem subterrânea que passará abaixo da Avenida Washington Luiz.

Estação Campo Belo da Linha 17 (iTechdrones)

O canal do Youtube iTechdrones mostrou nos últimos dias imagens aéreas da retomada das obras da Linha 17 nas estações Vereador Diniz e Campo Belo. Embora ainda não se veja a movimentação de empregados, é possível notar veículos da construtora no local. Há todo um processo burocrático de contratação de funcionários e máquinas para a retomada, além do fornecimento de materiais, sobretudo de acabamento, já que a maior parte das estações já havia chegado quase ao final da obra bruta.

O governo Doria tem bancado a promessa de entregar o problemático ramal até dezembro de 2022, quando o mandato atual se encerrará. O site, no entanto, entende que é mais provável que a Linha 17 inicie uma operação assistida a partir de 2023.

Total
18
Shares
2 comments
  1. Prezado, Ricardo.
    Você possui o site disponível da companhia responsável pela execução das obras para se candidatar as oportunidades de trabalho? já que vai haver a necessidade de pessoal nas obras.

Comments are closed.

Previous Post

Governo Doria esclarece aspectos da concessão das linhas 8 e 9 da CPTM

Next Post

Obras da estação Varginha da Linha 9-Esmeralda são retomadas

Related Posts