Metrô inicia testes na Linha 15-Prata em preparação para levá-la até Jardim Colonial

Ramal de monotrilho ficará fechado até às 14 horas no sábado, 3, e domingo, 4, para sejam realizados os testes no sistema de sinalização e controle de trens. Nova estação deverá ser inaugurada em meados deste semestre
A estação Jardim Colonial (à esquerda) e o trecho de vias que será testado a partir do sábado (iTechdrones)

O Metrô vai dar início aos testes do sistema de controle de trens e sinalização visando levar a Linha 15-Prata até Jardim Colonial. A partir deste sábado, 3 de julho será preciso interromper a operação ao público entre 4h40 e 14h tanto do sábado quanto no domingo, 4, informou a companhia em nota.

Ainda segundo a empresa, os testes ocorrerão por todo o mês de julho durante as madrugadas e eventualmente em outros finais de semana, se assim for necessário. Ao contrário do que o site informou anteriormente, os trens circularão apenas no trecho operacional e não no novo percurso, ainda sendo finalizado.

Para os passageiros que precisarem utilizar a Linha 15 será disponibilizado o serviço Paese, com atendimento gratuito. Após as 14h, a operação normal será retomada até o fim do horário de funcionamento.

A fase de testes do CBTC é crucial para checar as condições de equipamentos, vias e outros sistemas para a mudança operacional. A princípio, a evolução desses testes culminará com viagens dentro do trecho de 1,7 km assim que ele estiver concluído e energizado.

Como deverá ser a operação até Jardim Colonial

Como o site tem mostrado, a estação Jardim Colonial já está na fase final de construção. Segundo o Metrô, as obras estruturais já foram finalizadas e a empresa responsável, a Somague, está realizando o acabamento e paisagismo, além da finalização das portas de plataforma, elevadores e escadas rolantes.

Com obras iniciadas no final de maio de 2019, a estação Jardim Colonial tem previsão de receber diariamente 40 mil usuários. Para que isso ocorra, no entanto, será preciso que o Metrô conclua a extensão operacional sentido Cidade Tiradentes e que inclui um aparelho de mudança de via. Só com ele pronto será possível levar os trens que partem de Vila Prudente diretamente até o local.

A entrega da estação chegou a ser prevista para o final do semestre passado, mas alguns atrasos pontuais impediram que isso ocorresse. Como o site explicou, o início da operação deverá ser feito com apenas um trem percorrendo os 1,7 km até São Mateus, onde será preciso trocar de composição.

Nota do editor: o texto foi retificado por conta da informação errada que afirmava que os trens fariam testes no novo trecho do ramal.

Total
1
Shares
5 comments
  1. Ótima reportagem e notícia, porém gostaria que se possível fosse feita por este blog, quais foram as conclusões do laudo do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) que foi contratado por ser um organismo altamente qualificado para uma avaliação dos acontecidos no ano passado por ocasião após 111 dias sem atender a região, a Linha 15-Prata retomou a operação nas estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus dia 18 de junho de 2020.
    Da mesma forma como e quanto foram os gastos financeiros com o PAESE e quantas intervenções houveram nos últimos cinco anos por ocasião das paralisações do sistema Metrô / CPTM?
    Estas informações são importantíssimas para se poder avaliar o desempenho dos sistemas.

    1. Oi Leoni, tudo bem? Sobre o laudo do IPT tentamos obter as conclusões via SIC (Serviço de Informação ao Cidadão), mas o Metrô alegou que se trata de informação confidencial e que poderia colocar o sistema em risco… As outras sugestões, creio que sejam possíveis de conseguir também via SIC. Vamos avaliar, ok? Valeu.

  2. E a Linha 15 , será que vai ser passada a Ccr/ruas ? Existe possibilidade disso ? Continua travado ou o jurídico do metrô e da empresa tem tentado retomar ?

    1. vai ser passado quando resolver as buchas. quando o sistema tiver redondinho, o governo mexe os pauzinhos e cassa a liminar.

  3. Boa tarde, Ricardo.

    O Sr. sabe de alguma notícia em relação ao processo de expansão até a estação Jacu Pêssego e quando poderemos ter novidades no inicio das construções?

Comments are closed.

Previous Post

Concessão das linhas 8 e 9 da CPTM teve contrato assinado nesta quarta-feira, 30

Next Post

Em mais um vai-e-vem, Justiça volta a liberar contrato de instalação de portas de plataforma no Metrô

Related Posts