Destaques Linha 13

Operação comercial da Linha 13 começa nesta segunda-feira, 4 de junho

Linha que vai até próximo ao Aeroporto de Guarulhos funcionará das 4h40 à meia-noite com pagamento de passagem
Movimento de passageiros embarcando e desembarcando

Conforme antecipamos na semana passada, a Linha 13-Jade entrará em operação comercial a partir desta segunda-feira, 4 de junho. O serviço funcionará das 4h40 à meia-noite em todos os dias da semana.

A outra novidade é que a CPTM passará a cobrar pela passagem no trecho, ou seja, quem embarcar nas estações Aeroporto Guarulhos e CECAP Guarulhos poderá fazer a baldeação com a Linha 12-Safira em Engenheiro Goulart sem que seja preciso passar pelos bloqueios duas vezes, apenas mudar de plataforma.

Com a ampliação do serviço, a nova linha será testada pela primeira vez em horário de pico quando a demanda pelo serviço será bem maior. Mas, como o site adiantou, a operação, embora comercial, será quase idêntica à assistida. Isso quer dizer que apenas dois trens estarão disponíveis, um em cada via. É uma forma segura de operação antes que o sistema de controle de trens esteja confiável. Por isso a velocidade também será mais lenta do que o planejado quando o ramal estiver funcionando para valer.

Serviço Connect

Em junho o serviço deverá permanecer dessa forma, mas é bastante provável que daqui a algumas semanas a CPTM implante outro serviço, o Connect, que levará alguns trens até a estação Brás. Placas indicando a existência da Linha 13 na estação já podem ser vistas ainda que parcialmente cobertas.

Ao contrário do Expresso Aeroporto (veja percurso abaixo), serviço direto entre Luz e Guarulhos ainda a ser implantado, o Connect custará o mesmo que as demais linhas, ou seja, R$ 4,00 – o serviço expresso deve sair por R$ 8,00.

Veja também: Como é ir de trem até o Aeroporto de Guarulhos

Expresso da Linha 13-Jade: serviço utilizará trecho de três linhas para ir da Luz até Guarulhos

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

7 Comentários

Click here to post a comment
  • Ricardo, você saberia me explicar por que eles já não fizeram a linha 13 a partir da estação Brás? Evitando assim, menos baldeações…

    • Oi Pedro, a razão é que não há espaço para colocar mais trilhos até Brás. Por isso o serviço Connect usará os trilhos da Linha 12-Safira em alguns períodos. O projeto futuro da Linha 13 não prevê que ela vá até o centro e sim a região da Mooca.

  • O serviço Connect terá as suas próprias composições ou serão os mesmos 2 trens q irão até a estação Brás?

  • Na verdade, o connect funcionará integralmente nos horários de pico por cerca de 8 horas por dia, 4 no pico da manhã e 4 no pico da tarde.

    E uma pequena correção: O horário da CPTM é das 4h00 as 0:00hs

  • Pessoal da Cptm por favor coloquem atendentes bilíngues e sinalizam o caminho para a nova estação pois sou ciclista e sempre estou próximo da estação engenheiro Goulart e acabo encontrando turistas perdidos.Fora a falta de segurança nos arredores da estação, hoje levei de volta ao guichê de atendimento um turista da Polônia, e alguns japoneses que estavam perdidos quase adentrando no parque Tietê.Favor tomar providências urgentes.Quero me orgulhar de ser brasileiro e atender aos turistas com respeito.

    • Ronaldo, tem sim, mas é distante porque as estações são apenas próximas. É preciso andar um pouco.

Posts mais compartilhados

AUTOO