O Metrô está perto de concluir os projetos básico e executivo da futura estação Ipiranga da Linha 15-Prata. A nova parada ficará vizinha à homônima da Linha 10-Turquesa, da CPTM, e servirá como estação terminal do ramal de monotrilho no futuro.

Um aditivo do contrato de execução do serviço foi assinado nesta segunda-feira com GPO SISTRAN Engenharia, que venceu a licitação ainda em 2014. Trata-se da oitava alteração do documento e que postergou a conclusão dos serviços para 25 de dezembro. Originalmente, o contrato previa que todo o escopo fosse entregue até novembro de 2016, mas como a extensão acabou suspensa, o Metrô passou a prorrogar seu prazo desde então.

A entrega desses projetos é essencial para que a companhia possa dar sequência ao empreendimento e preparar o edital de obras civis e sistemas. Conforme mostrou o site, a futura estação terá plataformas laterais, cobertura integral e laterais envidraçadas, com brises, aparentemente. Ela ficará bem ao lado da parada da CPTM, como mostra a projeção na abertura do artigo.

Nos planos do Metrô, a estação Ipiranga aparece como prevista para 2024, mesmo ano em que duas outras estações da Linha 15, Boa Esperança e Jacu-Pêssego, deverão ser inauguradas.

Para viabilizar a extensão oeste do ramal, o Metrô iniciou no último sábado uma obra que ampliará as vias em 380 metros e que receberá um aparelho de mudança de via. Ao todo o trecho deverá acrescentar 1,5 km ao percurso total do monotrilho. Entre os desafios está a passagem ao largo de uma grande comunidade de baixa renda na região.

Futura parada da Linha 5-Lilás

Hoje com um movimento modesto, Ipiranga deve mudar completamente de situação no futuro. Se os planos do Metrô não mudarem, a Linha 5-Lilás deverá ser estendida a partir de Chácara Klabin, ganhando mais três estações: Ricardo Jafet, Bom Pastor e Ipiranga.

O mapa do Metrô e em destaque o novo papel da estação Ipiranga na rede metroferroviária (CMSP)