Rede aérea está sendo reinstalada na região da estação Brás da Linha 12-Safira

Serviços ocorrem após a finalização da implantação da via permanente com o novo aparelho de mudança em X. Trecho deverá ser liberado para circulação no final de fevereiro
Funcionários da CPTM atuando na implantação da rede aérea (Jean Carlos)
Funcionários da CPTM atuando na implantação da rede aérea (Jean Carlos)

A CPTM está promovendo uma série de melhorias para a Linha 12-Safira na região da Estação Brás. A implantação de um novo Aparelho de Mudança e Via (AMV) permitirá manobras mais rápidas na estação terminal.

Siga o MetrôCPTM nas redes: WhatsApp | Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

Após a finalização dos trabalhos de via permanente relativos à implantação dos novos aparelhos de manobra a CPTM se dedica aos serviços de rede área de tração.

Locomotiva e veículos atuando na região do Brás (Jean Carlos)
Locomotiva e veículos atuando na região do Brás (Jean Carlos)

O sistema de rede aérea é o responsável pela alimentação dos trens. Pelos fios condutores passa uma tensão de 3.000 Vcc.

As principais atividades realizadas na região são a reinstalação do sistema. Como o formato das vias foi modificado, será necessário posicionar os cabos nas novas regiões.

A CPTM precisou postergar a realização deste serviço por uma questão sequencial da própria obra. Segundo os responsáveis pelo projeto, era necessário que as vias estivessem posicionadas nos locais definitivos antes das intervenções de rede aérea.

Confira também: Implantação do novo X do Brás

A companhia ainda deverá realizar melhorias no sistema de sinalização e testar os trens no novo trecho. A expectativa é de que a Linha 12-Safira retome as operações na estação Brás após o dia 25 de fevereiro.

Total
0
Shares
Antes de comentar, leia os termos de uso dos comentários, por favor
2 comments
  1. Acredito que já aproveitaram e fizeram uma limpeza no trecho entre Brás e Tatuapé, troca de dormentes e revisão da rede aérea. Difícil mas espero que sim.

  2. Mesmo tendo recebido R$ 20 bilhões em recursos do estado nos últimos 30 anos, a CPTM ainda utiliza locomotivas de 1952 e vagões de 1937 na manutenção de suas linhas. Para onde foram os recursos de modernização da manutenção da CPTM?

Comments are closed.

Previous Post
Equipamentos na região de plataforma (Jean Carlos)

Sistema de paineis eletrônicos multimídia avança na estação Palmeiras-Barra Funda

Next Post
Estação Faria Lima não fará parte da Linha 20-Rosa (Jean Carlos)

Por que a Linha 20-Rosa não se integrará com a Linha 4-Amarela na estação Faria Lima?

Related Posts