Trens da Linha 4-Amarela já circulam em testes até Vila Sônia

Vídeo mostrando composição da ViaQuatro acessando os túneis da extensão do ramal operado pela ViaQuatro foi compartilhado pelo ex-secretário Alexandre Baldy (STM) em primeira mão
Trem circula pelas novas vias da estação Vila Sônia (Reprodução)

Embora tenha se desligado da Secretaria dos Transportes Metropolitanos há uma semana, Alexandre Baldy continua fazendo o papel de “porta-voz” do governo Doria em relação a expansão sobre trilhos em São Paulo.

Nesta segunda-feira (25), o pré-candidato ao Senado pelo Partido Progressista divulgou em suas redes sociais um vídeo que mostra um trem da ViaQuatro circulando pelas novas vias da Linha 4-Amarela na estação Vila Sônia.

Detalhe: a novidade foi divulgada em primeira mão e não constava dos perfis oficiais do governo do estado no momento em que Baldy divulgou o ‘stories’ no Instagram.

Eu sai da STMSP mas os compromissos da STM continuam a todo vapor com a população de São Paulo. Teste do trem entre as estações Morumbi[SIC] e Vila Sônia, que será entregue pelo governo de SP em dezembro“, explica o ex-titular da pasta em sua conta, confundindo a estação São Paulo-Morumbi com a parada da Linha 9-Esmeralda.

Ignora-se a razão pela qual o ex-integrante do governo teve acesso ao material, que em tese deveria ser utilizado pela área de comunicação ou, então, postado pela própria secretaria ou o Metrô, responsável pela obra.

O início dos testes com os trens comprova que os sistemas, a cargo da ViaQuatro, já devem estar em funcionamento ao menos parcial. Será preciso realizar vários testes para que o trecho possa operar nos moldes do restante da linha.

A estação Vila Sônia é a 11ª e última do projeto original da Linha 4-Amarela, que foi aberta em 2010. Após seguidos atrasos nas obras, a previsão do Metrô é de inaugurá-la no dia 16 de dezembro.

Total
8
Shares
3 comments
    1. Perfeito… Além do fato que estão apenas “segurando” essa inauguração com a intenção de fazer palanque. Quem reside na região sabe que há meses as obras terminaram, se tivessem preocupados com o bem estar da população já teriam inaugurado, mas o palanque é mais importante, a população que se exploda. Doria e o bando dele são uma vergonha para São Paulo.

      1. Será que dá para inaugurar uma estação terminal de uma linha de metrô automatizada e controlada por computador que transporte quase 1 milhão de passageiros sem todos os testes concluídos com sucesso?

        Até o momento a estação está em testes, sendo impossível inaugurá-la. E quem reside na região não sabe sequer o que se passa na obra, dado que só consegue ver um pedacinho dela do nível da rua.

        Essa paranoia e polarização política precisam ter fim. Nem tudo é política partidária, são apenas testes de segurança que “impedem” a inauguração da obra.

Comments are closed.

Previous Post

Com inauguração próxima, obras de João Dias recebem aditivo contratual

Next Post

Mais comum na CPTM, roubo de cabos afetou a Linha 3-Vermelha do Metrô

Related Posts