O Metrô de São Paulo publicou um vídeo com o andamento das obras da estação Vila Sônia nesta semana, mostrando o que seriam imagens captadas em dezembro. O curto vídeo mostra várias áreas subterrâneas da futura estação terminal da Linha 4-Amarela na reta final de construção, com vários equipamentos presentes como portas de plataforma, escadas rolantes e bloqueios.

Segundo a companhia, a parte civil da obra foi concluída em dezembro, embora o site tenha mostrado na semana passada algumas áreas ainda cruas ou na fase final de concretagem. É possível notar que o acabamento e a instalação de alguns equipamentos estavam em curso na época, mas não é possível precisar o quanto esses trabalhos avançaram já que não há data nas imagens divulgadas.

O forro do mezanino principal estava sendo colocado assim como vidros e placas de sinalização. Os numerosos bloqueios (já que a estação deve ser bastante movimentada) estavam em caixas, à espera dos serviços de instalação. Já no nível das plataformas, as PSDs aparecem montadas enquanto o piso ainda não havia sido concluído.

A ViaQuatro, concessionária que opera a Linha 4, é responsável pela parte de sistemas de sinalização, alimentação de energia, comunicação e funcionamento das portas de plataforma, por isso essa é a etapa mais importante no momento. A empresa tem o começo de 2021 para implantar essa infraestrutura a fim de iniciar os testes com trens antes de liberá-la para operação.

Além da estação, a obra inclui também um terminal de ônibus anexo e túneis após Vila Sônia que servirão para manobra de trens e no futuro como extensão do ramal até Taboão da Serra, com mais duas estações. Essa terceira fase, no entanto, ainda depende de estudos que envolvem renovar a concessão com a ViaQuatro mediante a execução desse projeto.

O Metrô não estima uma data exata para abertura de Vila Sônia, apenas que isso ocorrerá neste semestre. Segundo relatório de transparência da companhia, a previsão é que a estação seja entregue à concessionária até maio.