Acompanhe as informações sobre a greve parcial na CPTM nesta quinta-feira, 15

Linhas 9-Esmeralda e 10-Turquesa amanheceram fechadas enquanto as Linhas 7-Rubi e 8-Diamante, estão funcionando a partir de Palmeiras-Barra Funda até Caieiras e Barueri, respectivamente
Trem da Linha 8 (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Duas das sete linhas da CPTM permaneciam fechadas no início da operação desta quinta-feira, 15 de julho, após os sindicatos ligados aos ferroviários terem decidido em assembléia entrar em greve no dia anterior. Outas duas operavam de forma parcial enquanto as demais abriram normalmente.

Ao contrário do Metrô, que é representado por uma entidade apenas, existem vários sindicatos na CPTM, uma herança dos tempos em que as linhas eram parte de companhias ferroviárias diferentes.

Os funcionários pleiteam sobretudo o pagamento do PPR, que até hoje não foi depositado pela CPTM.

Acompanhe abaixo as principais novidades sobre o dia de greve:

20:00 – Após proposta do governo do estado, greve é encerrada.

14:05 – Em entrevista à TV, Pedro Moro, presidente da CPTM, justificou o não acionamento do serviço de ônibus Paese por conta dos longos trajetos das linhas afetadas. Em vez disso, a companhia solicitou à SPTrans e EMTU o reforço nas linhas de ônibus.

9:05 – CPTM restabelece serviço na Linha 10-Turquesa entre as estações Santo André (Prefeito Celso Daniel) e Tamanduateí. Ramal estava completamente sem operação desde a madrugada.

07:25 – Segundo relato do jornal Folha de São Paulo, passageiros chegaram a derrubar um portão de acesso na estação Grajaú, da Linha 9-Esmeralda, que está totalmente paralisada.

06:45 – As linhas do Metrô abriram normalmente nesta quinta-feira.

05:15 – As linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade operam normalmente, com exceção do Expresso Aeroporto, que está suspenso até o dia 19 por motivos de obras.

05:10 – A CPTM confirma que as linhas 9-Esmeralda e 10-Turquesa não estão operando. A Linha 7-Rubi mantém operação parcial entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Caieiras. Já a Linha 8-Diamante opera entre Barueri e Palmeiras-Barra Funda, onde é possível utilizar a Linha 3-Vermelha do Metrô.

Total
1
Shares
2 comments
  1. Bom dia,
    A população que paga impostos altíssimos não foi avisada da Greve e ficou na mão mais uma vez. É por isso que tem que PRIVATIZAR todo o sistema da CPTM e colocar essa turma do Sindicato e cia para atrapalhar em outro ramo. APOIO TOTAL A PRIVATIZAÇÃO, chega!

  2. Sempre existe um momento mais adequado para se reivindicar reajustes, com a pandemia de Covid-19 em queda, mas ainda em um patamar elevado no Brasil, a redução do número de passageiros com a conseqüente queda na arrecadação, e milhares de desempregados, os sindicalistas demonstram desprezo e ou indiferença com a população ao exigirem benesses em tempos difíceis.

    Se já estava difícil se manter o distanciamento mínimo e evitar-se as inconvenientes lotações e aglomerações em plataformas e em transportes coletivos, esta atitude só veio a agravar ainda mais a situação da transmissão da pandemia, lembrando que quem se utiliza de transporte coletivo é normalmente o pessoal de baixa renda.

    Quanto mais greves e reivindicações, algumas talvez até justas, mas no momento inoportunas e inadequadas do funcionalismo, mais o povo responderá nas urnas votando em propostas que têm como parâmetro as concessões e privatizações.

Comments are closed.

Previous Post

Greve confirmada e CPTM terá funcionamento parcial de linhas nesta quinta, 15

Next Post

Estação Penha da Linha 2-Verde já conta com trabalhos de fundação

Related Posts