Alstom implantará sinalização para a Linha 13 até Barra Funda

Além da extensão do sistema, a Alstom também deverá realizar adequações na sinalização das Linhas 11 e 12. As obras deverão durar 36 meses sob um custo de R$ 43 milhões
Trecho entre Luz e Barra Funda contará com sinalização da Alstom (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A expansão dos serviços da Linha 13-Jade para a estação Palmeiras-Barra Funda é um dos principais objetivos da atual gestão da CPTM. A chegada do Expresso Aeroporto ao terminal intermodal também deverá beneficiar a extensão do serviço da Linha 11-Coral, uma das mais movimentadas da rede.

Além das obras para a reativação das plataformas e da própria modernização do trecho entre Luz e Barra Funda, a CPTM realizará a adequação do sistema de sinalização, estendendo a sua abrangência que atualmente vai até a área de manobra da estação Luz e deverá seguir até a futura estação terminal.

Para tanto foi contratada, sem a necessidade de licitação, a Alstom Brasil Energia e Transporte Ltda. A empresa deverá ser responsável pela execução de serviços de engenharia especializada em projeto, fornecimento, implantação e modificação do SCC (Sistema de Controle Centralizado) para o domínio LUZ-BFU.

Além disso, estão previstas melhorias e modificações no sistema de sinalização das linhas 11-Coral e 12-Safira que atendem a região leste da Grande São Paulo. Para a Linha 12 será necessário realizar a alteração no PVS (Plano de Via Sinalizado) na região de Calmon Viana. Tal modificação é importante para possibilitar a utilização da plataforma 3.

Obras na plataforma da estação Palmeiras Barra Funda (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Outra importante mudança é a separação do sistema de controle de tráfego da Linha 11-Coral da Linha 12-Safira que atualmente são unificados. O software deverá sofrer modificações de forma que cada linha possui uma interface própria, o que pode simplificar e otimizar o trabalho dos controladores do CCO.

O contrato para a realização das melhorias foi orçado em R$ 43,2 milhões. O prazo para a realização das ações será de 36 meses (3 anos). A inexigibilidade de licitação foi validada pelo presidente da CPTM seguindo as normativas do regulamento de licitações e contratos da companhia, mas sem citar o motivo. Ele provavelmente envolve produtos já fornecidos pela Alstom, daí a impossibilidade de nova concorrência.

Total
20
Shares
3 comments
  1. Essa alteração no PVS em Calmon Viana é muito importante também para a extensão da Linha 12 Safira até Suzano, se um dia isso sair do papel.

  2. Sinto muito pelo meu pessimismo , vai demorar uns 25 anos.
    Vide ações da Alstom na cptm e metro.

  3. Concordo que a extensão da linha 13 até a Barra Funda é interessante, porém acho que deveriam encontrar uma solução para que o horário seja reduzido, ao invés de o Expresso circular de hora em hora, facilitaria muito a vida dos usuários se houvesse uma diminuição para pelo menos a cada 30 minutos.

Comments are closed.

Previous Post

ViaMobilidade assume linhas 8 e 9 da CPTM nesta quinta-feira com imenso desafio pela frente

Next Post

ViaMobilidade reformula site e inclui as Linhas 8 e 9

Related Posts