Conheça mais sobre o APM Auster, People Mover do Aeroporto de Guarulhos

A tecnologia adotada para o People Mover de que ligará o Aeroporto até a estação da CPTM promete ser uma solução econômica, confortável e ecologicamente correta
A tecnologia Aeromovel será adotada nos deslocamento entre a CPTM e o Aeroporto (Jean Carlos)

O Aeromovel está confirmado a solução tecnológica a ser implantada para realizar a ligação entre a estação Aeroporto Guarulhos da Linha 13-Jade da CPTM até os terminais de embarque do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Durante o evento NT Expo 2022, o site teve a oportunidade de conhecer um pouco mais das características técnicas deste veículo.

Denominado como “Veículo Geração 6”, o APM Auster, nome oficial do produto, foi fruto de uma parceria entre a Aeromovel e a Marcopolo. O novo veículo adota o design interno e externo da tradicional fabricante de ônibus com a tecnologia de tração sustentável da Aeromovel.

APM Auster (Marcopolo)

Dentre as principais características técnicas destaca-se o número de passageiros transportados e o nível de ocupação. O APM terá capacidade para transportar até 282 passageiros com taxa de ocupação de 6 passageiros/m².

No total a composição possuirá 42 assentos, sendo que os mesmos poderão ser customizados para cada tipo de solução. Os veículos possuem um total de oito portas com 1,75m de largura por 1,93 de altura. Duas saídas de emergência nas extremidades do veículo com 1,31m de largura por 1,835 de altura.

Além disso, o veículo também possui sistemas de emergência interno e externo em todas as suas portas. Um sistema de refrigeração por ar condicionado será implantado para promover o conforto térmico dos passageiros. O veículo terá ainda total acessibilidade e contará com um sistema de informação e entretenimento ao passageiro.

A tecnologia de tração aplicada no APM é bastante diferente dos que se vê comumente na ferrovia. As composições se movimentam através de propulsão pneumática por meio da interação entre o ar soprado por ventiladores estacionários e uma placa fixa ao veículo.

Dentre as principais características da tração do APM está a passividade do material rodante, ou seja, o mesmo não possui qualquer tipo de motorização, sendo totalmente tracionado por meio externo, o que lhe confere leveza sem igual.

Placa de propulsão acoplada ao veiculo (Jean Carlos)

Os ventiladores estacionários ficam instalados nas estações e são acionados através de motores elétricos. O controle destes motores é feito através de inversores de frequência.

A velocidade máxima da composição é de até 80 km/h sendo que sua capacidade de transporte pode atingir até 30 mil passageiros/hora/sentido. O baixo peso do veículo permite uma melhor eficiência energética que, segundo o fabricante, é de 19 Wh por passageiro/km.

O sistema não emite poluentes e propicia um alto nível de conforto devido a diminuição do ruído e também das taxas de aceleração e frenagem consideradas suaves.

Viga por onde o ar traciona o veiculo (Jean Carlos)

Em termos de segurança, o APM Auster possui sistemas redundantes, geradores que garantem o funcionamento do sistema em caso de queda de energia e um sistema que protege contra descarrilamentos. 

Neste último caso, devido a ancoragem do veículo com a viga elevada as chances de incidentes desta espécie são minimizadas. A possibilidade de colisão é outro destaque, já que os veículos são impedidos de colidir devido a presença das placas de propulsão.

A previsão é que as obras do People Mover sejam iniciadas pelo consórcio AeroGRU nas próximas semanas, com conclusão até o final de 2023.

Total
37
Shares
8 comments
  1. Meio de transporte muito legal! Mas melhor seria ter levado a linha 13 para dentro do aeroporto, como era nos planos da Infraero. Nunca esqueçamos que essa história toda é culpa da concessionária GRU Airport, que quis um shopping e estacionamento no lugar do trem.

    Privatiza que melhora, eles falaram.

  2. O Aeromóvel poderá ser a solução para a mobilidade pra cidades de pequeno e médio porte.
    Para cidades de grande porte é uma excelente substituição ao ônibus, cobrindo um sistema alimentador ligando os bairros à estação de trem/metrô mais próxima.
    Sem dizer que é uma tecnologia 100% nacional!

  3. Taí um bom meio de ligar as linhas de maior capacidade, precisamos também de muitos corredores exclusivos de trólebus e algumas linhas de VLT

  4. Este é mais um exemplo do cuidado que se os governantes deveriam ter quando se elabora um contrato de concessão.
    Conforme opinião recente já emitida neste blog Metrô/CPTM com os quais concordo totalmente, uma vez que existe este bloqueio contratual por conta de um contrato de concessão mal elaborado, para a extensão da Linha 13-Jade sem baldeação para os vários terminais da GRU Airport que comprovadamente seria tecnicamente a solução correta a exemplo que já ocorre atualmente no Terminal Rodoviário Tietê da Linha-1 Azul, entendo ser a melhor alternativa se continuar mantendo os atuais ônibus circulares, uma vez que com todas as alternativas propostas não se ira eliminar as mesmas baldeações inconvenientes, desconfortáveis e desnecessárias para quem utiliza bagagens, e nem aumentara a demanda desta linha e sim a expansão até Guarulhos (Bonsucesso), uma das clausulas de negociação para renovação deste contrato no futuro seria a eliminação deste inconveniente e desconfortável transbordo desnecessário com a linha Linha-13 Jade chegando até os terminais, pois não haverá aumento da sua demanda que seria o desejável.

  5. A linha 13 não consegue mais chegar nos terminais, não faz a curva. Do que jeito que foi construída, agora é isso. No máximo ficaria lá no fim do estacionamento, com uma caminhada de uns 400-500m até o terminal 2 e um pouco mais até o Terminal 3.

  6. Espero que este people mover funcione bem e seja confiável. Li em alguns artigos que o aeromovel de Porto Alegre fica muito tempo parado. Espero que não seja o caso do barato que sai caro. Se este sistema do aeromovel é tão bom por que nenhum país utiliza para transporte público? Pelo que sei o único país, fora o Brasil que possui aeromovel é a Indonesia e em parque de diversão.

  7. O famoso trem jabuticaba
    Chineses ,japoneses , alemães não entendem nada de ferrovia, só os gaúchos que são inteligentes
    Quem viver verá

Comments are closed.

Previous Post

Confira o avanço das obras de expansão das Linhas 11 e 13 até Barra Funda

Next Post

Obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza perdem ritmo

Related Posts