Em nota, GRU Airport não cita governo Doria em retomada do People Mover

Concessionária que administra o Aeroporto de Guarulhos comemorou liberação do projeto de ligação com a Linha 13-Jade da CPTM na semana passada
O People Mover de Guarulhos será implantado pela AeroGRU (Reprodução)

Dois dias após o governador João Doria (PSDB) anunciar o “início imediato” das obras do People Mover do Aeroporto de Guarulhos, mesmo não sendo este de sua alçada, a GRU Airport, concessionária que administra o terminal ee responsável por sua implantação, divulgou nota em que comemora a retomada das obras.

Chamou a atenção no comunicado da GRU Airport divulgado no dia 24 de fevereiro a ausência de qualquer citação ao governo do estado de São Paulo que, como mostrou o site, tentou assumir o protagonismo do projeto, que é bancado pelo governo federal, adversário de Doria.

“Após a liberação do retorno das obras do Automated People Mover (APM) pelo Tribunal de Contas da União (TCU), e ser notificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, está retomando o projeto, considerado de suma importância para facilitar a chegada ao aeroporto”, diz o texto.

A GRU Airport revelou ainda que está em contato com o AeroGRU, consórcio liderado pela Aeromovel e que fornecerá o sistema, baseado na tecnologia de tração por ar comprimido. A meta é “alinhar o cronograma do projeto”, ou seja, não há qualquer sinal de “início imediato” das obras, como alegado pelo governador paulista.

Projeto de People Mover da AeroGRU: estações em nível com os terminais

“Estamos muito contentes por estarmos à frente deste grande trabalho, que trará uma mobilidade mais sustentável e eficiente ao aeroporto, beneficiando milhares de pessoas todos os dias”, disse Gustavo Figueiredo, CEO da GRU Airport e que chegou a participar remotamente do anúncio de Doria.

Por fim, a GRU Airport se comprometeu a compartilhar mais informações sobre a implantação do People Mover, que terá 2,7 km de extensão e 4 estações. “A concessionária divulgará os próximos passos tão logo tenha as definições confirmadas,” disse.

Viagem de até 6 minutos

O People Mover de Guarulhos será um trem automático que circulará em trilhos convencionais, portanto, não se trata de um monotrilho, um termo que o governo Doria insiste em utilizar com a desculpa de simplificar o entendimento da população.

Linha de people mover terá 2,6 km de extensão e intervalo de seis minutos (AeroGRU)

Esse desserviço só confunde mais a já complicada imagem do modal perante à população, que passou a associá-lo a obras atrasadas e problemas de segurança, cuja razão, como abordado várias vezes neste site, não envolve o tipo de sistema e sim uma gestão atribulada dos projetos.

A expectativa é que a AeroGRU coloque o People Mover em funcionamento em 2024, ligando gratuitamente os três terminais de Guarulhos à Estação Aeroporto Guarulhos, da Linha 13-Jade, que conta com uma plataforma preparada para isso.

O investimento necessário para viabilizar o projeto será bancado pelo governo federal por meio de um desconto na outorga paga pela GRU Airport. A manutenção e operação também serão de responsabilidade da concessionária.

Com a entrada em operação, os passageiros que desejarem chegar ao aeroporto pela malha metroferroviária poderão trocar os ônibus atuais por um veículo de energia limpa, com embarque em nível e viagem mais rápida, de cerca de 6 minutos no trecho mais longo, entre a estação e o Terminal 3.

Total
30
Shares
8 comments
  1. Espero que o People Mover e a L17 fiquem prontos mesmo até 2024. Inadmissível que os dois aeroportos da região metropolitana mais populosa do país não tenham ligação direta por transporte sobre trilhos.

    1. Que precisa ter todos sabemos, chamar de inadmissível ja é exagero. Ha varios paises que nem sonham com isso, inclusive o Chile (mesmo tendo um unico aeroporto importante em todo o país).

  2. A linha 13, Jade, foi inaugurada em 2018…
    No início da construção da linha 13, a GRU garantiu que o people mover estaria pronto um dia antes da inauguração da linha…
    Dizer que o governo de São Paulo não tem relevância no início das obras do people mover é forçar a barra….
    Por fim, gostaria muito que houvesse a extensão da linha 13, Jade, até bonsucesso!!!

  3. LINHA 13 deveria primeiro ganhar a estacao TIQUATIRA que vai ligar a mesma ao Metro linha-2 VERDE !!

  4. E daí?? Este site devia evitar enfoques políticos e se ater aos assuntos diretamente ligados ao transporte público.

    1. Governo de SP é só oportunista. A única responsabilidade dele foi fazer a outra linha que ficou ali parada e foi graças ao governo FEDERAL, o cruzamento de investimentos, revertendo outorgas em investimento que viabilizou o projeto

Comments are closed.

Previous Post

Estação Jardim Brasil da Linha 19-Celeste deverá atender 27 mil passageiros diariamente

Next Post

Linha 4-Amarela ficará fechada até às 14 horas no domingo, 6 de março

Related Posts