CPTM finaliza obras de restauro na estação Luz

As obras de restauro na fachada da estação duraram 1 ano de 4 meses. Foram investidos cerca de R$ 2,1 milhões na realização do serviços.
Estação da Luz passou por processo de restauro (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A CPTM concluiu nesta quarta-feira (08) as obras de restauro da fachada da estação da Luz que atende as Linhas 11-Coral, 13-Jade e ao serviço 710. A estação que é cartão postal da cidade de São Paulo passou por obras de revitalização que duraram um ano e quatro meses.

Frequentemente as obras eram destacadas no relatório de empreendimentos da CPTM como uma importante intervenção que visa recuperar o perfil estético da estação, assim como proporcionar a preservação do patrimônio histórico que é marca do desenvolvimento ferroviário no estado de São Paulo

As obras envolveram a revitalização do muro externo da estação que possui extensão de 150 metros. Os torreões também passaram pelo processo de reforma acompanhando os serviços que estavam sendo executados na fachada. As marquises, portas e outros elementos em madeira foram tratados com materiais especiais que garantem sua durabilidade.

O presidente da CPTM, Pedro Moro, enfatizou a importância das obras. “Esse local é o símbolo da grandeza de São Paulo e da importância que o transporte ferroviário teve no desenvolvimento do município e de toda a região metropolitana. Estamos muito orgulhosos em restaurar parte da estação, e esperamos que a população contribua com a sua manutenção e sua beleza“.

Desta forma se conclui mais uma das importantes obras que estão em curso na estação da Luz. A CPTM também possui projetos paralelos que visam a extensão da plataforma central, criação de uma passarela para a Praça da Luz, além da ligação com a Sala São Paulo, importante ponto cultural da cidade.

Total
11
Shares
4 comments
  1. Aí ninguém cuida da segurança externa e os vândalos vão lá e emporcalham tudo, saem impunes e a fachada volta a ficar suja! Alguém tem que acabar com isso!

  2. Poderiam tirar todos aqueles muros que separam a estação da Rua das Noivas para que quem passa pela Tiradentes possa apreciar a arquitetura.

Comments are closed.

Previous Post

Área técnica do TCU recomenda anular contrato do People Mover do Aeroporto de Guarulhos

Next Post

ViaMobilidade abre vagas para operação e manutenção incentivando mulheres

Related Posts