CPTM ofertará painel de comando de trem antigo no primeiro leilão de 2022

Companhia realizará a venda de itens como sucata de trilhos e dormentes, mas veículos ferroviários também estão inclusos. A expectativa é de arrecadar R$ 19 milhões
Painel e carro da série 4400 serão leiloados (Jean Carlos)

A CPTM se prepara para realizar na próxima terça-feira (29) mais um leilão de materiais inservíveis. São diversos tipos de itens que foram usados pelos setores de administração, operação e manutenção que, após ficarem obsoletos, são revendidos em sua maior parte como sucata. No ano passado a companhia arrecadou mais de R$ 7 milhões com a venda de inservíveis.

Ao todo são 103 lotes que serão leiloados. Dentre os materiais mais volumosos e procurados estão os dormentes de madeira e os trilhos ferroviários. Estes itens, apesar de aparentemente se apresentarem em bom estado, possuem desgastes ou patologias que impedem seu uso de forma normal.

Demais itens utilizados nas áreas operacionais como os fios de cobre, isoladores, fios de alumínio também constam nos lotes. Limalha de ferro e aço proveniente de processos de usinagem dos mais diversos materiais também possuem bastante atratividade.

O grande destaque são os materiais ferroviários que remetem à operação pregressa da CPTM. Dentre eles estão dois carros ferroviários das séries 1600 e 4400. Cada um dos veículos será leiloado por valor a partir de R$ 45 mil. A ideia é também atrair o público que vê nos trens a oportunidade de preservar os bens ou utilizá-los para outras funções.

Para os entusiastas ferroviários e entidades de preservação uma boa notícia surge com este leilão. A CPTM separou três lotes bastante interessantes, os de números 26, 27 e 40.

Os lotes 27 e 40 se referem aos antigos bloqueios mecânicos que eram utilizados em estações antigas. Atualmente uma das poucas estações em que estes modelos ainda estão instalados é a de Mogi das Cruzes. Serão 25 bloqueios disponíveis enquanto no lote 27 será ofertada uma única unidade, melhor conservada, a partir de R$ 150.

Bloqueio mecânico (CPTM)

O lote 26 promete ser bem disputado. Trata-se de um painel de comando de um trem da Série 4400. O item possui baixo valor agregado em termos de sucata, mas tem valor histórico, o que certamente poderá atrair entusiastas e entidades de preservação que estejam interessadas em ter em seu acervo um item único. O valor do conjunto será ofertado a partir de R$ 500.

Painel de comando do trem Série 4400 (CPTM)

Em linhas gerais, a CPTM visa atender seu grande público com a oferta de itens de alto valor, principal atrativo para os sucateiros e também, de forma inédita, ofertar itens de valor histórico, o que pode tornar a ainda mais lucrativa a realização dos leilões com a venda de peças separadas para fins de preservação. A expectativa é que sejam arrecadados cerca de R$ 19 milhões com a venda dos itens. Os interessados podem acessar os lotes na pagina oficial do leiloero.

Total
7
Shares
2 comments
  1. ao inves de leiloar, porque a propria empresa nao preserva e cria um museu, doa para uma entidade que possa fazer isso? esse valor irrisório para a companhia

Comments are closed.

Previous Post

CPTM posterga licitação de terminal de ônibus da estação Varginha

Next Post

Confira o avanço das obras de expansão das Linhas 11 e 13 até Barra Funda

Related Posts