Linha 11 Linha 13 Linha 7

CPTM terá de entregar 21 trens novos até o final do ano

Para cumprir promessa de concluir recebimento de 65 composições novas, companhia precisará mais de três trens a cada mês
Novo trem da Série 8500: maior frota na Linha 7-Rubi
Novo trem da Série 8500: maior frota na Linha 7-Rubi

Na última sexta-feira (29), a CPTM entregou mais dois trens da Série 8500 para a Linha 11-Coral. Com isso, 44 unidades de 65 trens encomendados estão em operação nas linhas 7, 13 e a já citada 11. Ou seja, CAF e Rotem, suas fabricantes, concluíram em conjunto dois terços das entregas o que significa que faltam 21 composições para completar as entregas.

Como o governo promete colocar esses trens em funcionamento até o final do ano teremos então uma média mensal de entregas de 3,5 trens. Embora a empresa esteja conseguindo acelerar as entregas é uma meta que pode não ser atingida caso surja algum imprevisto.

O gargalo está com a empresa sul-coreana Rotem. Dos 21 trens nada menos que 15 são dela ou metade da encomenda. A fabricante tem sofrido para entregar o prometido desde que sua parceira nacional IESA saiu do negócio. Foi preciso erguer uma fábrica no interior de São Paulo para finalizar os trens fabricados na Coreia do Sul e mesmo assim houve um atraso muito grande afinal eles deveriam ter sido entregues há meses.

Hoje os 44 trens estão divididos em 23 unidades na Linha 7-Rubi, 18 na Linha 11-Coral e três na Linha 13-Jade, que os utiliza enquanto seus trens não são entregues. A nova frota permitiu, por exemplo, que os velhos trens da Série 1100 fossem aposentados recentemente, algo que deve ocorrer em breve com as Séries 1700 e 4400 entre outras encerrando assim a era dos trens sem ar-condicionado.

A chegada das novas séries também permitiu um remanejamento importante na rede. A Linha 10-Turquesa, por exemplo, recebeu oito unidades da Série 7500 liberadas pela Linha 9-Esmeralda que, por sua vez, foi reforçada com a Série 7000 de outras linhas. A ideia é que a Série 8500 fique em sua maior parte na Linha 11-Coral enquanto a Série 9500 seja padrão na Linha 7, com algumas unidades sendo alocadas na Linha 10 a fim de retirar os desgastados trens espanhóis da Série 2100 de circulação.

Trem da Série 9500: faltam 15 unidades a serem entregues (CPTM)

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

6 Comentários

Click here to post a comment
  • Há um pequeno erro no post, ele diz que a linha 10-Safira recebeu os 7500 sendo que foi a linha 10-Turquesa.

  • Boa tarde,

    Eu queria saber de onde vem tanto essa noticia de 8500 ou 9500 na Linha 10? O proprio secretário dos transportes já disse que pretende no futuro licitar novos trens para a Linha 10. Esta mais que claro que serão 35 8500 na Linha 11, 30 9500 na Linha 7, e futuramente os 8 trens da CRRC na Linha 13, o que poderia estar em duvida é pra onde irão os 9000 que são 9 unidades, e seria mais coerentes os 9000 irem pra 10 pois possuem ATC e CBTC.

  • 21 trens a serem entregues e 21 trens a serem substituídos 4 trens 4400 8 trens 1700 e 9 trens 9000 a serem retirados da Linha 11 e realocados em outra Linha que acredito que seja a Linha 12.

  • Pelo que li na matéria.
    21 trens 9500. 15 metade.
    Que eu saiba foi comprado 30 trens.
    Metade 30 e 15.
    Se sobrar os que estão na linha. 13ºJade. Da pra ir 10 pra linha 10ºTurquesa. Isso se a linha 7 nao precisar.

Posts mais compartilhados

AUTOO