Duas empresas apresentam propostas para implantar acesso Bela Cintra da estação Paulista

Nova entrada da estação da Linha 4-Amarela deve facilitar acesso para passageiros ao aproveitar passagem em lateral de edifício na região da Avenida Paulista
Onde ficará a nova entrada da estação Paulista (Reprodução/Google)

Lançada originalmente em junho de 2021, a licitação para construção do acesso Bela Cintra da estação Paulista (Linha 4-Amarela) finalmente teve a sessão de recebimento realizada nesta terça-feira, 2 de agosto.

Duas empresas compareceram à sede do Metrô para apresentarem propostas, a MPE Engenharia e Serviços, que pediu R$ 6,5 milhões pelo serviço, e a INA Serviços Técnicos, cuja oferta foi bem menor, de R$ 2,8 milhões.

Com isso, a comissão de licitação intimou a INA a entregar a planilha de serviços e preços, além de outros documentos de habilitação, a fim de que seja verificada a viabilidade da proposta.

O projeto é bastante simples, mas gerou dúvidas que fizeram o Metrô adiar o certame por um longo período. A ideia é aproveitar um corredor lateral de um edifício localizado no fundo do principal acesso da estação Paulista. Nesse local será criada um passagem coberta para que os usuários possam acessa a Linha 4 sem precisar contornar o quarteirão.

Localizado no número 1.032 da rua Bela Cintra, o edifício hoje é ocupado pela Housi Paulista, uma start-up que aluga apartamentos de forma descomplicada. Com 186 m², o terreno possui cerca de 75 metros de extensão.

A previsão de execução de obras é de apenas três meses a partir da emissão da ordem de serviço. Ou seja, se não houver problemas com a proposta, o trabalho poderá se concluído no início de 2023.

Corredor onde será feito o acesso (CMSP)

Túnel de ligação

Além do acesso Bela Cintra, o Metrô também está licitando um novo túnel de ligação entre as estações Consolação e Paulista. A sessão pública da licitação ocorreu em junho, com a menor oferta, de R$ 60.965.777,00, feita pelo Consórcio Conexão Paulista/Consolação CTS, formado pela Constran Internacional Construções S.A, Telar Engenharia e Comércio S.A e SPRail Serviços Ferroviários Ltda.

Até o momento, no entanto, o Metrô ainda não se decidiu pela habilitação da empresa.

Total
1
Shares
2 comments
  1. O prédio agora é ocupado pela Housi, a Secretaria deixou o prédio um pouco antes da pandemia e eles realizaram uma reforma completa. A unidade é a “Housi Paulista”, vão ter uma valorização incrível no empreedimento

Comments are closed.

Previous Post

Entenda como poderá ser a estação Catumbi da Linha 19-Celeste

Next Post

CPTM retomará estudos para implantação da estação União de Vila Nova na Linha 12-Safira

Related Posts