Estações Belém e Bresser-Mooca têm plataformas preparadas para receber portas

Site conferiu intervenções feitas pelo consórcio Kobra. Previsão é de entregar as fachadas em 10 estações até o final do ano
Obras para implantação das portas de plataforma (Jean Carlos)

O Metrô de São Paulo está preparando as plataformas das estações Bresser-Mooca e Belém para receber as tão aguardadas portas de plataforma. Os dispositivos de segurança deverão prover melhorias na operação como maior velocidade na região das plataformas e diminuição das interferências na via.

O site esteve presente nas duas estações no final de abril para conferir de perto o avanço destas importantes obras, tocadas pelo consórcio Kobra. Os equipamentos que deverão ser fixados nas bordas das plataformas já estão no Brasil, aguardando apenas os trâmites alfandegários para chegarem ao Metrô.

Na estação de Bresser-Mooca é possível ver diversas marcações nas bordas das plataformas. Em alguma áreas já foi feito o recorte da estrutura que deverá acomodar as bases dos novos equipamentos

Na estação Belém foi possível visualizar as mesmas marcações, ora riscadas nas plataformas ou pintadas com uma tinta avermelhada. É possível observar um avanço maior nesta estação, com destaque para a plataforma sentido Barra Funda. Alguns equipamentos de comunicação como os letreiros eletrônicos foram em parte retirados.

O Metrô trabalha com a expectativa de entregar, ainda no ano de 2022, 10 estações com portas de plataforma instaladas. O desafio é ousado, mas, com o planejamento adequado esta é uma meta que pode ser cumprida.

Total
1
Shares
Previous Post

Obras de extensão da Linha 4-Amarela até Taboão da Serra devem começar em 2024

Next Post

Em entrevista, Rodrigo Garcia diz que Linha 17 não chegará a Paraisópolis

Related Posts