Fundações da ampliação da estação Santo Amaro são iniciadas

Ligação da Linha 5-Lilás com a Linha 9-Esmeralda ganhará novas estruturas sobre o Rio Pinheiros além de expansão e modernização das áreas de circulação
Fundações da estação Santo Amaro: ampliação começa a ganhar ritmo (VM)

Iniciadas oficialmente em janeiro, as obras de ampliação e readequação da estação Santo Amaro, executadas pela ViaMobilidade, enfim começam a ganhar corpo. Nos últimos dias, os trabalhos de fundação das colunas de sustentação das pontes auxiliares foram iniciados, como mostram imagens divulgadas pela concessionária da Linha 5-Lilás.

Para aliviar o gargalo dos acessos para a Linha 9-Esmeralda, da CPTM, o Metrô idealizou uma ampliação das plataformas da estação, que foi construída como uma ponte estaiada.  A solução será construir outras duas pontas metálicas em cada lado da estrutura original e são essas fundações que estão sendo feitas no local. A ViaMobilidade inclusive já começou a armazenar as estruturas metálicas das novas pontes, indicando que a montagem será rápida. Para dar espaço aos canteiros de obras, o governo do estado solicitou à SEMAE que cedesse áreas que pertencem à companhia.

Com a ampliação será possível criar fluxos separados nos dois sentidos além de instalar novas escadas rolantes e elevadores para melhorar a acessibilidade para pessoas com dificuldades de locomoção. Já no mezanino da estação Santo Amaro da CPTM, que é tombada, a concessionária está realizando um rearranjo de salas técnicas de forma a permitir a instalação de um segundo conjunto de escadas rolantes, além de banheiros, bilheteria e novos contadores de acesso.

Ampliação e reforma da estação Santo Amaro deverá ser concluída em 2022 (Oliveira Cotta)

Ao todo, serão 4.000 m² adicionados e que incluem até mesmo espaço para uma lanchonete com vista panorâmica no piso da plataforma. Antes da pandemia do coronavírus, as duas estações recebiam diariamente quase 100 mil passageiros em dias úteis.

A previsão oficial é que a obra seja concluída em 2022, mas o advento da pandemia pode fazer com que o projeto atrase. Em julho, dado mais recente disponibilizado pela ViaMobilidade, passaram diariamente pela estação 41 mil passageiros, menos da metade do mesmo período de 2019 (89 mil usuários diários em média).

 

Total
1
Shares
Previous Post

Redução de intervalo dos trens da Linha 13-Jade fica para 2021

Next Post

Globo e César Tralli dão show de desinformação em crítica às obras da Linha 2-Verde

Related Posts