Metrô avança na construção do “track switch” em Jardim Colonial

O novo equipamento permitirá que os trens possam realizar a mudança de via após a estação, viabilizando uma melhor dinâmica na operação da Linha 15-Prata
Área onde será implantado o track switch (Jean Carlos)

O Metrô de São Paulo concluiu neste final de semana mais uma etapa da construção do novo track switch à leste da estação Jardim Colonial da Linha 15-Prata. O novo equipamento deverá permitir a manobra dos trens e a dinamização da operação.

O procedimento realizado consiste no içamento de quatro vigas metálicas para a região do deck switch, local onde será instalado o conjunto de equipamentos responsáveis por realizar a manobra dos trens.

Atualmente, o trecho entre São Mateus e Jardim Colonial é atendido por apenas um trem no esquema “bate e volta”. Devido a impossibilidade de manobras no final do trecho, a operação se dá em um esquema diferenciado, algo que deverá mudar após a finalização da implantação do aparelho de manobra.

Segundo a postagem realizada nas redes sociais pelo presidente do Metrô, Silvani Pereira, a companhia deverá prosseguir com a instalação do novo equipamento realizando ajustes mecânicos e testes para liberar o novo equipamento.

A entrega da nova área de manobra para as composições está prevista para o segundo semestre de 2022. Desta forma será possível que os trens que partem da estação Vila Prudente possam seguir direto para a estação Jardim Colonial, sem a necessidade de troca de composições.

Total
5
Shares
Previous Post

CPTM inaugura ligação entre a estação da Luz e a Sala São Paulo

Next Post

CPTM investe R$ 34 milhões na compra de novos trilhos

Related Posts