Metrô posterga licitação que construirá novo túnel entre as estações Paulista e Consolação

Avatar
Sessão pública de recebimento das propostas, que deveria ocorrer na próxima terça-feira (9), foi adiada para 30 de março
Túnel entre as estações Paulista e Consolação (CMSP)

Prevista originalmente para ocorrer nesta terça-feira (9), a abertura dos envelopes com as propostas para a construção do novo túnel de ligação entre as estações Paulista (Linha 4) e Consolação (Linha 2) foi adiada para o dia 30 de março.

A informação foi publicada pelo Metrô de São Paulo neste sábado no Diário Oficial. A licitação foi lançada no final de dezembro após anos de estudos a respeito de uma forma de contornar os problemas de lotação e dificuldade de deslocamento entre as duas estações na região da avenida Paulista.

A solução adotada pela companhia será a construção de um segundo túnel entre o final da esteira rolante e o mezanino da estação Paulista e que será usado no sentido Linha 2-Linha 4. Com isso, o trecho em ‘S’ que leva ao final da plataforma da estação Paulista será exclusivo para o fluxo de passageiros que seguem no sentido de Consolação.

O túnel onde fica a atual esteira, no entanto, continuará sendo dividido para ambos os fluxos. A obra tem prazo de execução estimado em 36 meses, ou seja, se o contrato for assinado em meados deste ano, a nova estrutura deverá ser disponibilizada por volta de 2024.

Um estudo encomendado pelo Metrô revelou que em 2015 o fluxo de passageiros na transferência era de 22.500 passageiros por hora, um número que na época já era responsável pela desconfortável “marcha dos pinguins”.

A estimativa é e que em 2030 esse volume aumente em assustadores 50% do fluxo, atingindo um tráfego de 34 mil passageiros. É com esse cenário em vista que surge a inescapável necessidade de realizar uma obra dessa envergadura.

Onde ficará a nova entrada da estação Paulista (Reprodução/Google)

Novo acesso

Além de implantar um segundo túnel, o Metrô planeja uma intervenção mais simples e barata, a abertura de um acesso na rua Bela Cintra para os fundos da estação Paulista. A companhia desapropriará o corredor lateral de um edifício para criar uma espécie de corredor até a parte traseira da parada da Linha 4-Amarela. A obra, no entanto, ainda não foi licitada.

Total
4
Shares
1 comment
  1. Olá Sr. Ricardo e amigos participantes

    Bem eu dei uma olhada no relatório de expansão de Janeiro 21 que já está disponível e pelas fotos que tem da linha 4, não deu para ver se vai mesmo ficar pronta até maio, tá faltando toda parte de alimentação catenária. Neste informe trocaram a foto da capa por uma arte gráfica de gosto duvidoso e a quantidade de fotos :- Linha verde 03 fotos dos canteiros de obras com datas, linha amarela 04 fotos gerais e sem datas, linha prata 04 fotos gerais sem datas, linha ouro 10 fotos gerais sem datas !!!!, eu acho que o diagramador deste informe adora essa linha, se atrasar mais vinte anos não vou participar da inauguração. Vai ficar para vocês meninos. Abraços e cuidem-se
    Gilberto -JV-TS

    Ps. Faltam 83 dias para o fim de maio, será que a estação Vila Sônia será entregue?????, o suspense continua………

Comments are closed.

Previous Post

Obras da Linha 2-Verde entram em pré-fase de escavação

Next Post

CPTM amarga outra licitação sem interessados, desta vez em São Miguel Paulista

Related Posts