Destaques Linha 15 Linha 5

Sem surpresas, Metrô remarca inauguração de novas estações das linhas 5 e 15 para agosto

Quatro estações da Linha Lilás e a parada Jardim Planalto agora estão previstas apenas para o mês que vem
Plataforma da estação Moema: ampliação da linha ficou para agosto

Questionado pelos jornais e a TV Globo nesta semana, o Metrô acabou confirmando uma informação que já era tida como consumada para quem acompanha os sites especializados sobre o assunto: as quatro estações da Linha 5 e a estação Jardim Planalto da Linha 15 tiveram sua inauguração postergada para agosto.

Em nota, a empresa ligada ao governo do estado explicou que “todas as construções de grande porte exigem altos investimentos e tempo considerável, pela dimensão e complexidade das obras, que podem sofrer intercorrências como demora na obtenção de licenças ambientais e complicações em processos desapropriatórios, ou até mesmo o abandono das obras pelas empreiteiras. As obras metroviárias estão sujeitas, não somente a estas variáveis, mas também à crise econômica que se instalou no Brasil nos últimos anos”.

A previsão de julho já se mostrava desatualizada há várias semanas e este site já havia demonstrado no início de maio que o ritmo de trabalhos no trecho, que inclui as estações AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin, era lento demais para que a promessa anterior (abertura em junho) fosse cumprida. De lá para cá a obra tem avançado, porém, sem a mesma urgência verificada no ano passado e no começo deste ano quando o então governador Geraldo Alckmin pretendia abri-las antes de deixar o cargo para concorrer à presidência da República em outubro.

O atual governador Márcio França, do PSB, e que assumiu o governo em abril, tem demonstrado pouco interesse no assunto, talvez por saber que as ações no Metrô e CPTM estão muito atreladas ao seu antecessor. Desde então, a pasta dos Transportes Metropolitanos, que continua tocada pelo secretário indicado por Alckmin, Clodoaldo Pelissioni, tem atuado de forma mais discreta nas frentes de trabalho que restam.

Transição

Mas o provável motivo para a desaceleração do ritmo das obras tem a ver, no caso da Linha 5-Lilás, com o fato de a concessionária Via Mobilidade estar prestes a assumir a sua operação, em 4 de agosto. A empresa privada já está na reta final da transição, assumindo várias funções com a supervisão do Metrô, embora oficialmente só será responsável pelo serviço no mês que vem.

Por essa razão, a hipótese de inaugurar novas estações em julho, mesmo que não incluíssem Santa Cruz e Chácara Klabin, ainda não concluídas, criaria mais um foco de atenção em meio a esse processo. Além disso, uma estação exige um número significativo de funcionários sem falar em mais trens operando e essa mão de obra não existe no Metrô atualmente. Aliás, boa parte desses funcionários hoje alocados no ramal terá de ser redistribuída para outras linhas caso não resolvam mudar de empresa, por exemplo.

Ou seja, é provável que, após a Via Mobilidade estar à frente da operação da Linha 5 no mês que vem, o Metrô decida liberar a entrega de novas estações em operação assistida. Sem pressa e possibilidade de inaugurá-las (por conta da legislação eleitoral que proíbe candidatos de participarem desses eventos) não é impossível que elas demorem até um pouco mais para abrir.

Ao fundo e no alto, a estação Jardim Planalto, que agora só será aberta em agosto

“Ainda este ano”

Esperada estação que voltará a ampliar a extensão da Linha 4, São Paulo-Morumbi aparece nos planos do Metrô com inauguração prevista para setembro. No entanto, a data é inviável pelo estágio que se vê no canteiro da obra – talvez no final de 2018 ela possa estar pronta.

Outra linha que teve as estações faltantes postergadas é a 15-Prata. O monotrilho da Zona Leste tem experimentado vários problemas na operação assistida iniciada em abril. Parte das obras ainda está sendo realizada e os testes com os trens e o sistema CBTC seguem fechando o ramal em quase todos os domingos. Por isso o novo trecho continua sem que o horário de funcionamento seja ampliado.

Agora, a estação Jardim Planalto, próxima a ser inaugurada, também acabou remarcada para agosto. Enquanto isso, as três restantes (Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus) tiveram sua previsão de setembro alterada para “ainda este ano”. É nítido que devem ficar para os últimos meses de 2018 assim como esperar pela estação Campo Belo da Linha 5 este ano é ilusão – a última parada em construção já está sem dúvida alguma postergada informalmente para 2019.

Veja também: Concessão da Linha 15 tem leilão adiado para novembro

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

14 Comentários

Click here to post a comment
  • Eu acho é pouco. Que demore cada vez mais para inaugurar, para esse bando de alienados aprenderem a NÃO votar errado e muito menos em politicos do PSDB que estão ai dominando SP desde 1994 e até hoje não resolveram e nem melhoraram nada a segurança, saude, educação e transporte.

    Felizmente eu não vivo mais nessa republica de banaramas, e só dou risadas. Alias, 10 anos longe daqui, mas sempre dando risadas e sem nenhuma vontade ou saudades dos apertos e sofrimentos que passei nessa merda.

    quem puder e tiver oportunidade, caia fora…

  • Simplesmente abominável esses atrasos, a justiça tem de investigar isso, estações praticamente prontas, mas com obras a passos de tartaruga para atrasarem de propósito. Nunca mais voto no PSDB.

    • Conforme citado acima, prevista para setembro pelo governo, mas provavelmente terá atraso de novo e pode sair até o final do ano.

  • Na estação Eucaliptos do metrô, logo no cruzamento da Av. Ibirapuera com a Rua Eucaliptos, fizeram um estacionamento privado, que aparentemente nao estava no projeto original, posso enviar a foto pra voces. A quadra do metro é tao carente de arvores, nao seria do interesse geral uma praca, ou algo parecido? “Pode isso Arnaldo?”

  • Ricardo,

    Existe algum tipo de filtro por sua parte? Já postei alguns comentários aqui e nunca aparecem.

    Espero que não viu, vai ser muito decepcionante.

    Abs,
    Leandro

    • Olá, Leandro, tudo bem? Leitores com comentários aprovados como você não passam por moderação, como ocorreu nesse caso – a publicação é imediata e sem que eu veja nada. Há uma ferramenta anti-spam, mas que raramente bloqueia mensagens legítimas. Ainda assim olhei tanto o spam quanto algumas deletadas que ainda estão no sistema e não encontrei nada seu. Você se lembra o assunto ou a data? Quando notar algo assim me mande um e-mail pelo formulário de contato, por favor.

      Apesar de receber de vez em quando acusações que ora somos patrocinados pelo governo, ora pela iniciativa privada, ora pelo sindicato e sei lá mais o que, não deletamos comentários críticos desde que não sejam ofensivos a outros leitores ou ao site. Não somos donos da verdade, apenas colocamos nossa opinião, mas infelizmente hoje muita gente acaba polarizando tudo como se discordar nos transformassem em inimigos.

      Só peço desculpas pela demora em responder a você e a outros leitores. O site Metrô CPTM não é nossa principal atividade, só o mantemos por acreditar que o transporte sobre trilhos é capaz de mudar para melhor as cidades.

      Abs,
      Ricardo Meier

      • Ricardo Bom dia,

        Não lembro de cabeça, mas fiz um comentário uma vez criticando o governador sobre os atrasos no metrô e não foi publicado.

        Chega a ser revoltante os atrasos na linha Lilás e essa última desculpa dada pelo governo (atrasos em licenças ambientais & complicações em processos desapropriatórios) beira o ridículo.

        Obrigado por responder, e assim como você tenho ciência de que o transporte sobre trilhos é a solução para uma metrópole como SP, além de ser mais sustentável tbm.

        Abs,
        Leandro

  • Novamente atrasos. Com certeza é para abrir perto das eleições. Políticos e partidos imundos! Acabam com o Brasil!

  • Será que vai rolar aquele tempo de teste na ligação com a linha verde? Ou quando inaugurar vai ser a pleno vapor?
    abração

Posts mais compartilhados

AUTOO