Testes com CBTC na Linha 3-Vermelha já começaram

Novo sistema de controle de trens está sendo avaliado durante as madrugadas no ramal mais movimento da rede sobre trilhos
Trem da Linha 3-Vermelha (Jean Carlos)

O andamento da implantação do sistema CBTC, de controle de trens, tem avançado em ritmo mais rápido do que o esperado após um início complicado. A Alstom e o Metrô já passaram a usar a tecnologia na Linha 1-Azul aos sábados e domingos, período de menor movimento na rede sobre trilhos.

A novidade agora é que também a Linha 3-Vermelha já conta com as primeiras versões do software sendo testadas durante as madrugadas. A fabricante francesa havia instalado os equipamentos no ramal no ano passado, o que exigiu algumas interdições aos fins de semana.

Além das antenas e equipamentos nos trens, é preciso instalar toda a infraestrutura nas vias do ramal de 22 km e 18 estações e que é o mais movimentado da malha metroferroviária atualmente.

Em maio, por exemplo, circularam pela Linha 3 quase 27 milhões de passageiros, daí a importância de contar com o novo sistema CBTC, que é capaz de oferecer viagens mais regulares e uma operação mais eficiente. Há a possibilidade, embora restrita, de redução do intervalo entre os trens em algum momento no futuro.

Quando entregar o sistema na Linha 3, o Metrô de São Paulo passará a operar 100% com CBTC, incluindo as duas linhas operadas por concessões. Os novos ramais em construção (linhas 6-Laranja e 17-Ouro) e também os que estão em projeto (linhas 19-Celeste e 20-Rosa) já são previstos com o novo sistema de controle de trens.

Total
18
Shares
10 comments
  1. Uma Maravilha que está ficando as linhas do metrô sp, que Venha L7,L8,L9 da Via Mobilidade com instalação de CBTC

    1. Isso só nos seus sonhos heueheue viamobilidade n tem obrigação contratual de instalar nenhum sistema de controle, isso nunca vai acontecer pelas mãos dela

      1. Se poupe um pouco ,contrato firmado com a SIEMENS abrange atualização do sistema de energia e sinalização de ambas linhas, a concessionária pode escolher se instala ATO ou CBTC, Para de dar uma de esperto, e vai se informar sobre o assunto.

        Lembrando vc não é sabichão, para saber mais que a própria concessionária e a empresa contratada

    2. Se instalarem o CBTC ou qualquer outra coisa nessas linhas quem vai fazer é a CPTM, assim como o Metrô faz nas linhas 4 e 5, nessas PPPs a concessionária só coloca os bonequinho dela pra fazer operação e manutenção, o resto quem faz é a parte pública.

      1. Para de dar uma de sabichão filho, só ir lá e ler atentamente, contrato firamad9 com a SIEMENS prevê atualização do sistema de sinalização e energia das linhas, a concessionária escolhe se coloca CBTC ou ATO , vc não é Deus para saber mais que a própria concessionária e a empresa contratada, de poupe um pouco

    3. A obrigação de instalação da sinalização continua sendo do ESTADO, seu paga pau de empresa privada…

      1. Obrigação do Estado kkk😅😅, é algum tipo de piada?? , Cptm não consegue nem instalar CBTC nas L10,l11 e L12 ,imagina nas linhas privadas.

        Vai lá e leia o contrato uai ,vc não é o sabichão que sabe mais que a própria concessionária, que assinou o contrato de atualização fo sistema de sinalização e energia das linhas 8 e 9 com a SIEMENS 😅

  2. Pessoal esquece cbct na cptm por causa dos trens de carga na L7 L10 L12 por causa dos trens de carga

    1. L7-RUBI irá a concessão, e não terá mas trens de cargas trafegando pela região , já que a MRS ira segregar os trilhos

Comments are closed.

Previous Post

Metrô e CPTM não têm previsão de voltar a fechar à 1h aos fins de semana

Next Post

Estação SESC-Pompéia, da Linha 6, avança com método “VCA invertido”

Related Posts