Complexo Rapadura deve ficar pronto para receber o tatuzão até o final de 2022

Vala a Céu Aberto será o ponto de partida para início das escavações dos túneis da extensão da Linha 2-Verde até Penha
Paredes da vala a céu aberto do Complexo Rapadura (CMSP)

Atrasada mais de um ano por conta de protestos de moradores vizinhos ao canteiro de obras, o Complexo Rapadura deverá ficar pronto para receber o “tatuzão” que escavará os túneis da Linha 2-Verde no final de 2022.

A informação foi compartilhada por um executivo do Consórcio CML2 durante visita do presidente do Metrô, Silvani Pereira, na semana passada.

Segundo o consórcio, as obras estão em ritmo acelerado desde que foram iniciadas em setembro, após autorização da Cetesb, a companhia ambiental do estado. O local fica no meio do trajeto de oito estações previstas na primeira fase expansão, que chegará até a Penha.

Será preciso construir um poço retangular onde antes existiam campos de futebol e parte de uma praça a fim de acomodar a tuneladora de mais de 12 metros de diâmetro. De lá ela seguirá em direção à Vila Prudente, passando pelas estações Vila Formosa, Anália Franco, Santa Clara e Orfanato, encerrando sua viagem no VSE Falchi Gianini, onde será desmontada e levada para outro canteiro ao norte da estação Penha.

Silvani Pereira (à esquerda) em visita ao canteiro de obras na semana passada

Nesse intervalo de cerca de um ano, espera-se que o CML2 receba o shield, equipamento que está sendo negociado com a empresa alemã Herrenknecht e a chinesa CREG, segundo informações obtidas pelo site.

No momento, não se sabe se as empresas do consórcio, a Engibras Engenharia S. A., S.A Paulista de Construções e Comércio e Sacyr Construcción do Brasil, fecharam um acordo com algum deles.

No ano passado, o CML2 chegou a anunciar um acordo com a Herrenknecht, que tem sido a favorita nas obras no Brasil, mas as empresas não chegaram a assinar contrato desde então.

Total
4
Shares
Previous Post

CPTM adia licitação do anteprojeto da Linha 13 até Bonsucesso

Next Post

Metrô finaliza teste de trens em trecho de Vila Sônia

Related Posts