Poços das futuras estações Vila Formosa e Santa Marina começam a ganhar seus contornos

Futuras paradas das linhas 2-Verde e 6-Laranja serão as primeiras a serem visitadas pelos tatuzões que escavarão os túneis a partir de 2022
Demarcação do poço da estação VIla Formosa (iTechdrones)

Pode-se afirmar que a Linha 6-Laranja e a extensão da Linha 2-Verde ainda não movimentaram quantidade significativa de terra desde que foram iniciadas (ou reiniciada, no caso da obra da Acciona). Mas já é possível visualizar dois dos futuros poços das estações Santa Marina e Vila Formosa, graças às imagens aéreas do canal iTechdrones.

Em vídeos recentes, os dois canteiros foram flagrados já com as demarcações de onde começará a ser retirado um enorme volume de terra nos próximos meses. No caso de Vila Formosa, o poço circular ganhou uma espécie de mureta que delimita a aérea de escavação. Se seguir o método de outras obras, os trabalhos serão feitos por uma escavadeira e à medida que avança em direção ao subsolo as paredes serão jateadas com concreto para mantê-las estáveis. Posteriormente esse fosso de 42 metros de diâmetro receberá uma estrutura definitiva.

Já em Santa Marina o método é um pouco diferente. Trata-se de uma vala retangular e que já havia sido previamente demarcada pela Move São Paulo, a concessionária anterior da Linha 6. Como a Acciona está retirando equipamentos em materiais do local, uma limpeza geral fez as paredes ressurgirem nos últimos dias. Nesse caso, embora a escavação avance de uma forma parecida com Vila Formosa, é preciso inserir tirantes nas paredes para mantê-las seguras enquanto a vala é aberta.

Em comum, tanto Santa Marina quanto Vila Formosa serão as primeiras estações a receber os respectivos tatuzões. Na Linha 6, isso deve ocorrer em meados de 2022 se não houver atrasos. O shield sairá no final de 2021 do VSE Tietê, passará por baixo do rio de mesmo nome e fará uma breve passagem pelo SE Aquinos, do outro lado da marginal. O trajeto total será de cerca de 750 metros até Santa Marina, parada que estará ligaada à homônima da Linha 20-Rosa num futuro distante.

Limpeza no canteiro de Santa Marina revelou paredes da vala da estação Demarcação do poço da estação VIla Formosa (iTechdrones)

A distância entre o local de emboque da tuneladora da Linha 2 e a estação Vila Formosa é menor, de aproximadamente 650 metros, porém, nesse caso, a escavação ainda deve demorar para ocorrer. Isso porque o equipamento fabricado pela Herrenknetch acaba de ser encomendado e deve chegar ao Brasil dentro de um ano pelo menos. Até lá será preciso resolver o impasse que afeta o canteiro do Complexo Rapadura, onde a derrubada de árvores foi suspensa após protestos do moradores.

Apesar disso, logo São Paulo voltará a ter novos túneis sendo abertos pelos tatuzões, algo que não ocorre desde junho de 2016 quando o shield duplo da Linha 5-Lilás chegou ao poço Dionísio da Costa, na região de Chácara Klabin.

Total
30
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

Metrô tem menor prejuízo desde o início da pandemia

Next Post

Entenda como a concessão das linhas 8 e 9 deve mudar a frota de trens em serviço

Related Posts