Terminal de ônibus da estação Varginha tem licitação adiada por tempo indeterminado

Abertura de propostas deveria ter ocorrido nesta quinta-feira, 2, mas CPTM suspendeu sessão pela segunda vez
A área do futuro terminal no topo da foto (iTechdrones)

O futuro terminal de ônibus integrado à estação Varginha, da Linha 9-Esmeralda, teve a licitação suspensa por tempo indeterminado, segundo a CPTM. A companhia, que é responsável pelo projeto, embora já não opere o ramal, não informou a razão do segundo adiamento – originalmente a sessão de recebimento de propostas deveria ter ocorrido em 23 de março, mas foi postergada para esta quinta-feira, 2 de junho, data também não cumprida.

Segundo relato do deputado estadual Enio Lula Tatto (PT), o presidente da CPTM, Pedro Moro, justificou o atraso por conta de propostas muito elevadas. “Deputado, houve uma majoração de preço. As ofertas, os envelopes, estão muito altos, e a gente vai rever todo o problema. E a gente vai abrir um prazo, que eu acho que em 30 dias… e a gente está fazendo, novamente, a abertura dos envelopes”, teria dito Moro, segundo o parlamentar – a transcrição consta do Diário Oficial.

Em nota, a CPTM explicou que houve um mal-entendido a respeito da explicação dada pelo presidente da empresa. “A CPTM esclarece, em nome do presidente Pedro Moro, que o deputado estadual Enio Tatto compreendeu incorretamente a explicação sobre o adiamento da sessão pública da licitação do terminal Varginha. Não houve nem sequer a apresentação dos envelopes justamente porque as propostas só são entregues durante a sessão pública. A conversa entre o presidente da CPTM e o parlamentar ocorreu após a publicação do adiamento, e Pedro Moro se referia a dúvidas das empresas em relação ao orçamento estimado do projeto“, explicou a companhia.

A CPTM acrescentou ainda que “como ocorre em todo processo licitatório, as empresas protocolaram, junto à CPTM, questionamentos técnicos e financeiros sobre o edital citado pela reportagem nos dias 8 e 19 de abril. Todos os questionamentos estão sendo analisados pela companhia para verificar o prosseguimento da licitação“.

Varginha avança, mas inauguração segue em dúvida

O terminal será erguido do lado leste da estação, em parte do enorme canteiro de obras do projeto. A CPTM planeja inaugurar Varginha no final deste ano, enquanto o terminal levará 24 meses para ser concluído, ou seja, no segundo semestre de 2024 caso a assinatura do contrato ocorra ainda neste ano. O custo estimado da obra é de R$ 90,8 milhões, segundo a CPTM.

Enquanto tenta resolver a construção do terminal, a CPTM vê a estação Varginha ganhando forma. Nas últimas semanas, a cobertura do corpo principal da estação foi instalada em grande parte das plataformas. Há vários trabalhos ocorrendo no canteiro, com a chegada do que parece serem os pisos, segundo mostrou o site iTechdrones.

Por outro lado, a construção do viaduto ao sul da estação parece parado, sugerindo que o foco da CPTM é finalizar as vias até Mendes-Vila Natal de forma a permitir uma “inauguração” parcial de Varginha – em “operação assistida” com um trem desconectado do restante da Linha 9. Para cumprir o prazo “eleitoral”, a companhia terá de fazer a entrega entre setembro e outubro, portanto, antes do primeiro turno das eleições para governador.

Nota do editor: o texto foi atualizado às 11h55 após envio de esclarecimentos da CPTM, que contestou a afirmação do deputado Enio Tatto.

Total
1
Shares
5 comments
  1. Minha perguntas são:

    1 – Vai ter integração gratuita igual Capão/Campo Limpo?

    2 – E vão fechar o atual terminal Varginha ou vão ter 2 terminais com o mesmo nome operando simultaneamente?

    Vendo e lendo na internet centenas de comentários a respeito do terminal Vila Sonia ter mudado o itinerário de uma porção gigantesca da Zona Oeste, muita gente foi prejudicada pela falta de integração tarifária entre ônibus e Metrô.

    Esse tipo de coisa precisa ser revista pras novas estações de ponta que também terão terminais de ônibus, como Varginha e Brasilândia.

    1. Teremos 2 terminais com o mesmo nome. Como ocorre na Penha, por exemplo. Há um terminal pequeno ao lado da Linha 3 – Vermelha e um “dentro do bairro”. Agora questiono porque não levaram a Linha 9 até o terminal existente, sendo que ele fica cerca de 400m da estação.

      1. O local do terminal atual foi uma boa escolha, pois foi feito para atender tanto a região do Varginha quanto a região de Parelheiros. Já o local da futura estação foi apenas uma questão de conveniência, pois já existia um leito ferroviário.

      2. Meu caro,

        Houve o aproveitamento do traçado que existia na região, evitando maiores custos com desapropriação. Além do mais na época da construção do Terminal Varginha mesmo (salvo engano em 2004), por inexistir projetos que pensassem na retomada dos trilhos para a região, houve uma prioridade para a sua instalação ocorrer numa das principais avenidas da região, a Teotônio Vilela.

        Mas fato é que hoje vai ficar bem ruim essa segmentação.

Comments are closed.

Previous Post

Trem Intercidades: TCU aprova renovação da concessão da MRS

Next Post

Metrô estudou cinco alternativas de traçado para a Linha 19-Celeste

Related Posts