CPTM Destaques Linha 8 Linha 9 Trem Intercidades

Trem regional até Sorocaba pode fazer parte da concessão das linhas 8 e 9 da CPTM

Afirmação foi feita pelo secretário dos Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy em rede social
Trem da Série 8000 da Linha 8: serviço regional até Sorocaba pode fazer parte da concessão do ramal (GESP)

O trem regional que o governo do estado estuda levar até Sorocaba poderá fazer parte da concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da CPTM. A afirmação partiu do secretário dos Transportes Metropolitanos em resposta a um usuário nas redes sociais. Alexandre Baldy admitiu a possibilidade ao dizer que “temos estudos sendo feitos, com previsão de levar o trem de passageiros da Linha 8 até Sorocaba na Concessão que será colocada aos investidos privados“.

Embora pouco clara, a hipótese parece fazer sentido. Boa parte do trajeto entre São Paulo e Sorocaba compreende justamente os trilhos usados hoje pela Linha 8-Diamante e incluir o serviço regional no pacote pode tornar o projeto mais atraente para a iniciativa privada além de evitar possíveis disputas entre duas concessionárias que operariam no trecho.

É uma modelagem semelhante ao que se prepara para a licitação do primeiro serviço do Trem Intercidades, como é chamado o projeto pelo governo, e que vai ligar a capital paulista à Campinas numa primeira fase. A gestão Doria deverá oferecer um pacote que incluir o trem expresso, um serviço parador e a Linha 7-Rubi da CPTM.

Ao incluir o trem regional até Sorocaba, o governo abre enormes possibilidades para os operadores privados. Como será responsável também pela Linha 9-Esmeralda, a futura concessionária poderia em tese oferecer um serviço terminasse, por exemplo, na estação Pinheiros caso fosse tecnicamente viável. Com isso atrairia um público corporativo que hoje se desloca do interior até a Zona Sul de São Paulo e que poderia abandonar o automóvel em favor do trem.

Outra possibilidade seria levar o trem regional até a estação Júlio Prestes em vez de apenas Palmeiras-Barra Funda, como se prevê no projeto do TIC de Campinas. Na clássica estação há plataformas disponíveis e uma ligação subterrânea com a estação da Luz também faria o serviço regional ser acessível para passageiros oriundos de outras regiões da Grande São Paulo.

As linhas estudadas pelo governo para Trem Intercidades

Menor demanda das quatro linhas

O serviço regional entre São Paulo e Sorocaba parecia estar no fim da lista de prioridades do governo Doria, afinal no ano passado o governador do PSDB e sua equipe citaram os trajetos até Santos e São José dos Campos com mais frequência. De fato, o TIC no sentido oeste da capital é o que deverá ter a menor demanda dos quatro serviços.

Em estudo de 2013, o governo do estado estimava que este ano o trem para Sorocaba atrairia apenas 22 mil usuários por dia contra 34 mil do serviço para Santos, 55 mil para São José dos Campos e 73 mil usuários para Campinas. Mesmo a longo prazo, a perspectiva é que o TIC sorocabano tivesse uma participação de somente 12% no total de passageiros transportados pelo serviço como um todo.

A integração com as duas linhas da CPTM, no entanto, podem potencializar o projeto, não há dúvida, e aproveitar a iminência da concessão é algo vital para explorar essa janela. Interessados não faltam, como declarou a CCR nesta semana, segundo artigo da revista Veja. A empresa, que hoje opera as linhas 4 e 5 de metrô, além de ter vencido a concessão da Linha 15 de monotrilho, afirmou que tem intenção de participar do projeto dos ramais da CPTM.

Estudo de demanda do TIC: Sorocaba é o trecho com menor movimento em levantamento de 2013 (GESP)

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

18 Comentários

Click here to post a comment
  • o cara que fez esse estudo deve ser o mesmo que disse para a IBM que as maquinas copiadoras não tinham futuro no mundo, a Xerox agradece…

  • Caso essa ideia realmente saia do papel, iriam usar aquele trecho de trilhos , após Amador Bueno,que hoje se encontra abandonado?

    Lembro que numa matéria recente até citaram a possibilidade de uma porcaria de corredor de ônibus no lugar do leito ferroviário…

    • Felipe,

      Não se tratava de projeto ou coisa do tipo. Na verdade foi uma ideia que um leitor aqui do MetroCPTM fez, apresentando elementos que entendia pela viabilidade do trajeto na verdade como um corredor de ônibus, ante a população que existe na região. Mas é aquilo: sendo apenas uma ideia e diante do que se especula agora, essa ideia fica mais do que enterrada, muito provavelmente.

      • Sou o autor do artigo sobre o corredor de ônibus Amador Bueno – São Roque. Caso o TIC Sorocaba seja incluído na concessão da L8, tal proposta de minha autoria ficará inviabilizada pois o trecho hoje abandonado será utilizado pelos trens regionais.

        Se bem que, assim, abre-se a possibilidade de um tram-train local operando desde Sorocaba a Amador Bueno, compartilhando os trilhos com o TIC.

        • Rodrigo,

          Indo na linha do que pretendem fazer quando da concessão da Linha 07 – Rubi, podemos ter um parador, por exemplo, que vai de Sorocaba, São Roque, Barueri (ou outra nos arredores), Osasco e Pinheiros (ou Barra Funda), por exemplo. Seria um ramal um tanto quanto movimentado ao meu ver, podendo contribuir até mesmo para a modificação da concepção de cidades dormitórios, além do aumento de pessoas com oportunidade de trabalho no eixo mencionado.

          Que sejam feitos, então, os estudos para a viabilidade da operação!

  • Estrada de Ferro Sorocabana. Incrível como sucatearam toda a malha ferroviária e agora descobriram que precisam dos trilhos. Daqui a pouco vão “descobrir” que bonde/tram é uma alternativa aos corredores de ônibus.

    • Sucatearam na sacanagem, má fé mesmo. Adoro olhar mapas antigos da rede ferroviária do Estado é a vontade é de chorar. Tínhamos trilhos cortando diversas regiões, mas a politicagem e os interesses imundos falaram mais alto.

    • A mesma coisa estão fazendo na capital, hoje vc tem uma quantidade enorme de galpões ao longo da linha férrea nas regiões do ipiranga e Mooca, por exemplo, e que não são utilizados porque a legislação da prefeitura pune e inviabiliza propositalmente a utilização desses espaço, com isso forçam que os proprietários desses imóveis acabem vendendo seus imóveis as grandes contrutores, com isso os galpões acabam virando prédios e consequentemente todo esse potencial de geração de empregos e rendas se perde, um absurdo!!!! toda essa região poderia ser aproveitada, entreposto de logística por exemplo, depois que se perde o governo tenta reverter a situação assim como está ocorrendo com a malha ferroviária, prática comum do governo para gerar custos e se beneficiar com proprina, quem paga por tudo isso? NÓS!!!!!

  • Maravilha! Dá melhor notícia do mundo! Amo andar de trem, super confortável, rápido, seguro. Tomara que aconteça logo!

  • Caso esta concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda seja planejada e executada, é óbvio que se deva incluir um serviço de trem de passageiros entre a capital e Sorocaba no pacote, ( É condição Sine Qua Non ) o operador fara a gestão do trem metropolitano e do Intercidades, não tem como se separar, sob o risco de se ocorrer o mesmo imbróglio que aconteceu na GRU Airport, em que um contrato de concessão mal elaborado no qual passageiros tem que fazer um transbordo desnecessário a 1,2km do primeiro terminal e 2,5km do terceiro, desmotivando os passageiros a utilizar a Linha 13-Jade, lembrando que ainda existe um trecho em linha métrica entre a última estação com relação a Sorocaba que deverá ser rebitolado em 1,6m.

    Também é fundamental e imprescindível que se construa a Estação integradora de passagem do Bom Retiro e se revitalize a Estação terminal Júlio Prestes para receber os trens metropolitanos e o Intercidades procedentes desta região.

  • No ABC três cidades beneficiadas com trem regional (estudos) e na região da oeste apenas Barueri? Tem que incluir a cidade de Osasco também gente!! A Estação Osasco precisa ser completamente modernizada pelas empresas vencedoras das linhas 8 e 9 urgente!!

  • imagina se isso sai do papel o quanto vai custar ao estado … ou alguem acha que a CCR vai investir bilhoes para tentar salvar só com bilheteria?

    e 20 mil passageiros por dia, é muito pouco pelo investimento que vai ser. qualquer linha de trem ou metrô na grande SP se for feita transporta muito mais gente e tras retorno maior

  • Mais um conto de fadas para a campanha eleitoral, ano passado havia um projeto do deputado estadual Professor Kenny da cidade de Santos, segundo nosso governador de São Paulo colocaria em operação no inicio do verão, cadê o bendito trem?

  • Tem alguma chance de se implantar monotrilho da Estação Carapicuíba até o centro comercial de Alphaville?

Airway