CPTM Destaques Linha 9

Ao menos 25 mil torcedores utilizaram a estação Autódromo da CPTM durante o GP de Fórmula 1

Com rede metroferroviária maior, acessar o Autódromo de Interlagos pela Linha 9-Esmeralda já é a opção de pelo menos 16% do público
Durante os três dias do GP Brasil de Fórmula 1, passaram por Interlagos 158 mil pessoas. Ao menos 25 mil utilizaram a CPTM (GESP)

Servido por uma estação da CPTM a 800 metros dos seus portões, o Autódromo de Interlagos tem se beneficiado da Linha 9-Esmeralda cada vez mais. No Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que ocorreu no feriado de 15 de novembro, nada menos que 39 mil pessoas passaram pela estação, parte deles, é verdade, de moradores da região e habituais usuários do ramal.

Trata-se de um número significativo mesmo se considerarmos apenas o aumento de demanda nos três dias do evento. Segundo a CPTM, cerca de 25 mil novos passageiros utilizaram a estação Autódromo, o que se traduz em 16% do público total que compareceu ao GP de Fórmula 1 – 158.213 pessoas, segundo o organização.

Sem dúvida, é uma das melhores, senão a melhor, opção de transporte para o evento para quem adquiriu ingressos do setor G, que fica na reta oposta do circuito. Mas mesmo outros setores estão ao alcance da estação com alguns minutos extras de caminhada. Além da CPTM, também a SPTrans disponibilizou um total de 219 ônibus no sábado e domingo e que tinham estimativa de transportar cerca de 12.500 torcedores nos dois dias já que o acesso por automóveis e motos foi restrito na região.

Já na edição de 2018, o público que optou pelo transporte sobre trilhos já contava com novas estações, sobretudo a extensão da Linha 5-Lilás até as linhas 1-Azul e 2-Verde que encurtou trajetos.

Atendimento poliglota

Além de preparar a linha para receber mais passageiros, a CPTM também lançou um projeto de atendimento bílingue e poliglota voltado aos turistas estrangeiros. Para isso, contratou 100 refugiados e imigrantes de 34 países que foram treinados para dar informações ao público na Linha 9 e também em pontos estratégicos como a estação da Luz e o Aeroporto de Guarulhos.

A estação Autódromo da Linha 9-Esmeralda foi inagurada dias antes do GP do Brasil de Fórmula 1 de 2007, vencido pelo finlandês Kimi Raikkonen e que com isso conquistou seu único título mundial na categoria.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Airway