Concessionária do TIC deverá reconstruir a estação Jaraguá

Nova estação deverá ser construída em plataforma central e contará com itens de acessibilidade. As vias férreas na região da estação serão reposicionadas.
Atual estação Jaraguá, tombada como patrimônio histórico (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A estação Jaraguá da Linha 7-Rubi será completamente reconstruída. Isso é o que consta na consulta pública da PPP do Trem Intercidades que contempla, além da própria construção do Trem Intercidades entre São Paulo e Campinas, diversas obras de melhoria nas estações e sistemas da Linha 7 entre Barra Funda e Francisco Morato.

A estação de Jaraguá foi construída no ano de 1891, sendo uma das mais antigas estruturas em funcionamento na CPTM. A construção foi tombada em 2010 dada a importância histórica e arquitetônica, conservando características das primeiras ferrovias em solo paulista.

Na gestão da CPTM, a estação recebeu algumas melhorias no que se refere a acessibilidade, como a criação do controle de travessia na PN (passagem de nível) existente na estação. Cabe citar que esta é a única estação onde as plataformas estão situadas em lados opostos da passagem em nível, sendo que a plataforma sentido Rio Grande da Serra encontra-se no lado Sul, enquanto a plataforma sentido Jundiaí está implantada no lado norte.

Nova estação Jaraguá (STM)

A proposta do governo é que a nova concessionária da Linha 7-Rubi faça os investimentos necessários para a criação de uma nova estação localizada ao norte da estação atual. A ideia é que ela seja uma parada constituída de plataforma central, onde o passageiro terá acesso aos trens em ambos os sentidos, minimizando os deslocamentos.

Os acessos serão feitos por uma passarela que ligará os dois lados da via férrea e que convergem no mezanino centralizado. Nesta região estarão dispostos a SSO, bilheteria e linhas de bloqueios. Dentro da área paga o acesso à plataforma será feito por escada fixa e um elevador.

Nova estação Jaraguá (STM)

Uma das vantagens da passarela é a não necessidade de utilizar-se de rampas ou escadas, uma vez que o acesso será feito em nível, facilitando a entrada dos passageiros à nova estação. Além disso, também está previsto grandes áreas que poderão ser utilizadas para a obtenção de receitas acessórias onde o comércio e serviços poderão estar à disposição dos passageiros.

Corte da estação Jaraguá (STM)

Porém, antes da implantação da nova estação, a CPTM prevê realizar benfeitorias para melhorar ainda mais as condições de acessibilidade e segurança dos passageiros. A passagem em nível deixará de ser utilizada e em seu lugar uma nova passarela dotada de rampas será construída para permitir a passagem dos passageiros em ambas as margens da ferrovia.

Além disso, a MRS Logística fará a segregação da linha de cargas nesta região. Segundo as imagens divulgadas na consulta pública, a nova linha de carga passará na parte externa da estação, na margem leste da faixa de domínio. Estão previstas desapropriações no local. Ao final da implantação da nova estação espera-se que a disposição das vias na região mude de forma considerável.

Passarela provisória e desvio da linha de carga (STM)

O site também fez a analise de outras estações que passarão por melhorias na Linha 7-Rubi, confira abaixo os artigos já elaborados:

Total
53
Shares
3 comments
  1. Apesar dos problemas de acesso nestas estações mais antigas, acho a arquitetura delas maravilhosas, até mais que as construções mais modernas.

    Aliás eu tenho uma curiosidade, que poderia até render uma matéria por aqui, quais seriam as 5 estações mais antigas ainda em uso pela CPTM?

  2. De onde estão saindo todos esses projetos maravilhosos, magnificos e com arquitetura modernas?
    Estou ansioso para ver logo essas estações prontas.
    Quando vai ficar pronta?
    Quero dar um rolezinho de trem e parar em todas as estações para ver a beleza dessas obras prontas. Subir e descer de elevador. Andar de eacada rolante.
    Estou quase chorando de emoção.
    Esse país é lindo.
    Esse estado é lindo.
    Tudo é lindo.

Comments are closed.

Previous Post

Licitação de supervisão de obras da Linha 13-Jade é suspensa

Next Post

Cetesb autoriza início das obras da Linha 2-Verde no Complexo Rapadura

Related Posts