People Mover de Guarulhos finalmente começa a sair do papel

Canteiro de obras já está montado na área do aeroporto. Consórcio AeroGRU encomendou os três veículos que serão usados junto à Marcopolo Rail
O People Mover de Guarulhos será implantado pela AeroGRU (Reprodução)

Anunciado há exatos três anos, o People Mover do Aeroporto de Guarulhos, erroneamente referido por alguns como “monotrilho”, finalmente começou a sair do papel. Apesar de alguns factóides com teor eleitoreiro ocorridos tempos atrás, desta vez há sinais concretos de que o projeto do sistema automatizado de transporte está em implantação.

O primeiro deles é que o AeroGRU, consórcio que reúne as empresas Aerom, HTB, FBS e TSEA, já conta com um canteiro de obras e instalações próximas ao Terminal 3 do aeroporto. Imagens do local, que servirá como base administrativa para a construtora FBS, foram compartilhadas em redes sociais por um de seus funcionários.

Como o site publicou em primeira mão, os trabalhos deverão ser iniciados pela estação que atenderá à Linha 13-Jade da CPTM. A companhia já construiu a estação com uma passarela que inclui a plataforma de embarque do People Mover.

Também na semana passada, a Marcopolo Rail, parceira do consórcio, confirmou a assinatura do contrato de fabricação de três veículos Auster A-200, que são compostos por dois vagões. Eles têm capacidade para transportar até 200 passageiros e são operados de forma autônoma.

Canteiro de obras do People Mover começa a tomar forma (Reprodução)

Embora a tecnologia a ser usada seja da empresa Aerom, a fabricação do veículo será terceirizada, cabendo à criadora do Aeromovel a gestão do projeto junto a seus sócios e parceiros.

“Utilizaremos mão de obra especializada para a produção dos veículos que circularão em São Paulo, além de uma linha de montagem especial com a utilização de materiais de alto padrão. A expertise de mercado da companhia, aliada à capacidade técnica de desenvolvimento e produção da Marcopolo Rail, garantirão a qualidade do fornecimento e ampliarão a capacidade de mobilidade de milhares de pessoas que fazem o trajeto diariamente”, disse Petras Amaral Santos, gerente executivo da unidade de negócio Marcopolo Rail.

A Marcopolo, conhecida pela atuação no segmento rodoviário, tem investido na divisão Rail que, além do Aeromovel, também oferece no mercado um projeto de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos).

A fabricação dos três trens deve ocorrer até julho de 2023, cerca de seis meses antes do início da operação do sistema, que ligará os três terminais de Guarulhos à malha metroferroviária de São Paulo. As viagens serão gratuitas.

O Auster, APM da Marcopolo
Total
22
Shares
7 comments
  1. Ainda bem que vão utilizar mão de obra especializada em Guarulhos, porque em Porto Alegre usaram qualquer mão de obra e ficou sem qualidade, tem um trem que faz anos que está quebrado e o outro funciona quando quer.

    1. Informação falsa. Utilizei hoje de manhã o aeromóvel para acessar o aeroporto e estava funcionando normalmente. O segundo já foi retirado e está em manutenção.
      Feliz que finalmente esse enrolo está sendo resolvido, e que o maior aeroporto do país terá uma conexão inteligente entre os terminais e a estação de metrô.

  2. Foi só o Tarcísio tomar a frente que os factóides com teor eleitoreiro do Dória e Baldy viraram realidade.

    1. Haha, lembre-se que essa obra saiu graças a articulação do Governador João Doria Jr (PSDB/SP) com a organização responsável pela administração do aeroporto.
      Por razões políticas atrasou durante 2 anos o andamento da obra e isso era para ter sido entregue.

    2. Vdd Lourdes.
      Alem deste presidente não avançar em projetos para benefício da população onde gera empregos e renda, atrapalha para razões eleitorais.
      Pior quem vai sacrificado e cobrado mais adiante é o próprio Bolsonaro e seus aliados nos palanques estaduais.
      Se fosse um bom gestor público teria auxiliado o Gov. de São Paulo com recursos para extensão da linha 2 verde até o Tiquatira para termos uma conexão direta entre quem vem da Av. Paulista até região do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

    3. Sobre política é bom lembrar que o tal Tarciso nem de São Paulo é, mal conhece o estado de São Paulo, não tem nada ver com aqui.

      1. Falou tudo Tãnia.
        Tinha que realizar uma pergunta ao Tarcísio sozinho onde fica Parelheiros e como faz para chegar ao município de Jandira de tranposrte público, será que vai saber?

Comments are closed.

Previous Post

O contrato de concessão da ViaMobilidade pode ser rompido?

Next Post

CPTM investirá R$ 14 milhões para a troca de pisos em Guaianases e Brás

Related Posts