Até a nova estação de Franco da Rocha receberá intervenções por conta do Trem Intercidades

Via dedicada para os trens da MRS Logística será implantada além de uma terceira via já existente e que será dedicada para o TIC. O terminal de ônibus próximo a estação também passará por mudanças
Estação Franco da Rocha deverá ter acesso realocado (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A PPP do Trem Intercidades trará uma série de mudanças no serviço da Linha 7-Rubi, como temos mostrado aqui. A estação de Franco da Rocha é uma das que deverão passar por mudanças para que a construção de novas vias para o TIC e os trens de carga da MRS possa ser realizada. Segundo a consulta pública, o acesso leste da estação deverá ser realocado.

Novo acesso da estação Franco da Rocha (STM)

A estação de Franco da Rocha é uma construção considerada nova, tendo sido inaugurada no ano de 2014. A parada conta com todos os itens de acessibilidade universal, uma arquitetura arrojada e encontra-se em bom estado de conservação. Dessa forma não são esperadas grandes reformulações no prédio existente.

Entretanto, o projeto para a implantação de uma nova via de carga da MRS na região da estação vai necessitar de espaço extra, área esta que hoje está sendo ocupada pelo acesso leste da estação. O projeto de implantação das novas vias vai tomar este espaço, sendo necessário a realocação do acesso e a extensão da passarela existente.

Planta do novo acesso da estação Franco da Rocha (STM)

Outro local que deverá sofrer alterações é o terminal de ônibus próximo a estação. O local deverá passar por adaptações para que a nova via seja construída, assim como o viário local, que será modificado para se adequar a nova configuração do terminal.

Corte do novo acesso da estação Franco da Rocha (STM)

O projeto foi realizado de forma que o plano de vias existente atualmente na CPTM fosse ajustado. A consequência desse ajuste é a possibilidade de realizar adaptações no terminal de ônibus que, em situação prévia, deveria ser demolido e instalado em um novo local.

Mudanças no viário e no terminal de ônibus de Franco da Rocha (STM)

Com as mudanças previstas os trens da MRS Logística poderão seguir seu trajeto entre Jundiaí e Barra Funda sem interferir com o serviço expresso do Trem Intercidades e com a Linha 7-Rubi. Dessa forma obtém-se um ganho expressivo de desempenho tanto para o serviço de passageiros como para o transporte de cargas.

O site está realizando uma série de matérias sobre as principais mudanças nas estações da Linha 7-Rubi. Você pode conferir nossos artigos anteriores nos links abaixo:

Total
51
Shares
5 comments
    1. Daniel, boa tarde!
      Segundo os documentos da consulta publica a estação Vila Aurora não precisará passar por nenhuma modificação.
      Naquela região apenas serão implantadas as vias exclusivas para os trens da MRS e TIC

  1. Tudo isso para a linha 7 ser incurtada a estação Barra funda….e causar transtornos para os moradores de Franco da Rocha para dar passagem a um trem que sequer atenderá a estação.

    O pensamento de burgueses do PSDB é tão pequeno que já que vão fazer isso, pq não implantar um trem expresso na linha, fazendo paradas somente nas estações de maior movimento entre Jundiai a Luz e desafogar a linha paradora? Trens expressos numa mesma linha tem até no Rio de Janeiro…

    Tem que tirar esse PSDB do governo do estado, pq já deu….só faz obra para atender a elite.

    FORA PSDB LIXO

  2. Chega a ser uma piada essas propostas, é surreal a implantação dessas vias em especial nesses trechos com taludes, áreas com moradia irregular e outros.

  3. Esse transporte de carga era para ser extinto, pois acaba com as vias gerando muitas manutencoes, atrapalhando o transporte de passageiros. E ainda e ultilizado nosso dinheiro publico para beneficiar empresarios.

Comments are closed.

Previous Post

Participantes da licitação de projeto básico da Linha 19 questionam julgamento técnico do Metrô

Next Post

Desapropriações mostram provável trajeto da Linha 15-Prata até Ipiranga

Related Posts