CPTM prorroga em 5 meses obras de restauro da estação Luz

As obras visam o restauro da fachada da Rua Mauá, os muros e os torreões. O valor do contrato aumentou em R$485 mil
Obras de restauro da estação deverão ser prolongadas (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A estação Luz da CPTM não é somente uma das mais vitais paradas do transporte sobre trilhos na capital paulista, como também um importante cartão postal. A construção no estilo inglês foi inaugurada no ano de 1910 pela São Paulo Railway. Atualmente estão ocorrendo trabalhos para o restauro da fachada da estação, de forma que a mesma possa ser revitalizada.

Os serviços de restauro estão sob a responsabilidade da empresa Estúdio Sarasá Conservação e Restauração S/S Ltda. O contrato foi assinado em junho de 2020 por um valor de R$ 2,1 milhões e possui prazo para a finalização dos serviços de 12 meses.

Funcionários em trabalho de restauro (CPTM)

Recentemente a CPTM firmou um aditivo contratual que adiciona novos serviços, bem como prorroga o prazo de execução das obras em 5 meses. Devido às novas atribuições delegadas à empresa responsável pelo restauro houve a necessidade do aumento do valor do contrato em R$ 485 mil, totalizando um acréscimo de 22% do valor do contrato.

Em âmbito geral o projeto é dividido em 7 blocos, sendo eles:

  1. Projetos e Relatórios
  2. Meio Ambiente
  3. Serviços Gerais e Canteiro de Obras
  4. Análises e Testes (já finalizado)
  5. Fachada Mauá
  6. Torreões
  7. Muros

Devido a alteração nos serviços de restauro o cronograma passou por ajustes. Os muros da estação deverão ser entregues até o dia 31 de julho. Os torreões tiveram sua finalização prevista para 30 de setembro. Por fim, a fachada Mauá e os serviços gerais (relatórios, meio ambiente e canteiro de obras) deverão ser finalizados até o dia 30 de novembro.

Cronograma de datas marco (CPTM)

O conjunto de obras que está sendo executado pela CPTM, na sua grande parte, pode ser dividido em duas grandes áreas: A primeira tem foco no aprimoramento do sistema ferroviário e expansão de sua atuação para novas regiões, como a extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha que pode ter o primeiro trecho em operação no próximo mês.

A segunda enfatiza a melhoria da imagem da empresa com os serviços de zeladoria e restauro de suas instalações. Um exemplo recente é o certame para revitalização da iluminação na estação Palmeira-Barra Funda O site fez uma compilação desse e de todas as outras obras que estão em curso na CPTM.

Total
1
Shares
1 comment
  1. É lamentável… mais uma restauração na estação da Luz, como se no sistema só tivesse ela de estação ! Enquanto isso a estação Juventus-Mooca, Eng. Manoel Feio, Aracaré, Itaquaquecetuba, entre outras estão desabando por abandono total da CPTM.. vergonhoso embarcar nessas estações citadas enquanto vocês só enxergam a estação da Luz..acorda secretário de transportes e presidente da CPTM, “vocês não estão dormindo.. vocês estão RONCANDO”

Comments are closed.

Previous Post

LinhaUni ganha aval federal para obter R$ 1,2 bilhão em financiamento para a Linha 6-Laranja

Next Post

Baldy confirma intenção de conceder todas as linhas da CPTM à iniciativa privada

Related Posts