Estação Botujuru ganhará mezanino centralizado e dois novos elevadores

A proposta trará grande ampliação para a estação. Antes da construção do novo mezanino a estação deverá receber um novo túnel de acesso
Estação Botujuru passará por melhorias de acessibilidade (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A PPP do Trem Intercidades também trará benefícios para as estações do trecho pós Francisco Morato. A estação Botujuru, atualmente parte da Linha 7-Rubi, passará a ser atendido pelo novo serviço TIM (Trem Intermetropolitano), e contará com uma reformulação de sua estrutura para aprimorar a acessibilidade da estação e prover maior comodidade aos passageiros

Proposta para a estação Botujuru (STM)

A estação atual necessita de uma série de adequações de acessibilidade, principalmente nos acessos da estação que são feitos principalmente por escadas fixas que vencem grandes desníveis. No caso do acesso leste da estação, apesar de haver uma rampa de acesso, a mesma é muito íngreme, dificultando a inclusão dos passageiros com mobilidade reduzida.

A proposta de reformulação da estação Botujuru tornará a estação mais atrativa, tanto em termos de conforto como de funcionalidade. Uma nova passarela será construída, estando no mesmo nível da Rua Bela Vista (acesso oeste). Na parte central desta nova passarela será implantado o novo mezanino, onde estarão dispostas uma nova SSO, bilheteria e linha de bloqueios.

Planta da passarela da estação Botujuru (STM)

Os passageiros, através do mezanino, terão acesso às plataformas no sentido Jundiaí/Campinas e Francisco Morato. O acesso será realizado por escadas fixas e também por dois novos elevadores que serão construídos, um para cada plataforma, provendo total acessibilidade aos passageiros.

A nova passarela também deverá contar com uma área adicional que poderá ser utilizada pela concessionária para a obtenção de receitas acessórias por meio do aluguel de espaços para o comércio e serviços. A medida é bastante importante, pois equaciona e mitiga os investimentos e os gastos operacionais.

Cortes da estação Botujuru (STM)

Outro ponto importante é a melhoria no acesso leste da estação que deverá contar com rampas de acesso menos íngremes, facilitando a entrada dos passageiros. O desnível entre o nível da rua e a passarela será de 17,5m. Cabe citar que não serão necessárias desapropriações no local para a implantação das benfeitorias.

Antes da realização das obras por parte da concessionária, o governo deverá realizar melhorias na estação para viabilizar a implantação da via segregada de cargas e do Trem Intercidades.

Projeto prévio da estação (STM)

Segundo o convênio firmado entre CPTM e MRS Logística, o acesso leste da estação ganhará um túnel de acesso. Através desta passagem inferior o terreno na faixa de domínio que hoje serve de acesso a estação será readequado para viabilizar a implantação de duas novas vias.

Corte do novo túnel de acesso (STM)

A estação também deverá ganhar uma passarela para a transposição entre as vias e dois novos elevadores que propiciaram melhoria importante na acessibilidade dos passageiros. Não estão previstas melhorias para o acesso oeste nesta etapa preliminar.

O site está fazendo uma série de matérias a respeito das principais mudanças previstas nas estações atendidas pelo serviço Linha 7-Rubi e TIM. Você pode conferir nosso principais artigos nos links abaixo:

Total
47
Shares
3 comments
  1. SONHO IMPOSSÍVEL

    Sonhar mais um sonho impossível
    Lutar quando é fácil ceder
    Vencer o inimigo invencível
    Negar quando a regra é vender
    Sofrer a tortura implacável
    Romper a incabível prisão
    Voar num limite improvável
    Tocar o inacessível chão
    É minha lei, é minha questão
    Virar esse mundo, cravar esse chão
    Não me importa saber se é terrível demais
    Quantas guerras terei que vencer por um pouco de paz
    E amanhã, se esse chão que eu beijei
    For meu leito e perdão
    Vou saber que valeu delirar
    E morrer de paixão
    E assim, seja lá como for
    Vai ter fim a infinita aflição
    E o mundo vai ver uma flor
    Brotar do impossível chão
    Sonhar mais um sonho impossível
    Lutar quando é fácil ceder

  2. Me trouxe uma lembrança triste. Quando fui assaltado trabalhando nessa estação a grande preocupação da ‘chefe’ era recolher o dinheiro que tinha ficado pra eu não roubar. Trabalhei até o fim do dia, mesmo em choque. Absurdo a companhia manter esses ‘chefes’. Espero que tenham mudado aquele esquema ditatorial.

Comments are closed.

Previous Post

Justiça adia mais uma vez decisão sobre contrato dos trens da Linha 17-Ouro

Next Post

Pátio Calmon Viana passará por obras de melhoria

Related Posts